A memorável Kundalini Journey

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Ok, vcs sabem que eu adoro a rede Mandarin Oriental desde que me apaixonei pelo The Oriental no ano passado em Bangkok. É que o serviço deles é mesmo incrível. Mas preciso confessar que uma das coisas que mais gosto na rede são seus spas conceituadíssimos, que unem as filosofias orientais com o que há de melhor na tecnologia ocidental.

Eis que agora em outubro, em Miami, não pude deixar de “provar” o spa do Mandarin de lá, com suas imensas 11 salas para tratamento e 6 suítes em ambiente com status de galeria de arte.
A jornada começa já ao entrar no perfumado espaço do spa, quando minhas sandálias foram substituídas por chinelos exclusivos do spa, num simbologia de deixar o mundo para trás, e um adorável chá de rosas começou minha “purificação”.
Experimentei um dos tratamentos mais procurados de lá: a Kundalini Journey, que, como o nome diz, é uma verdadeira jornada – dura adoráveis duas horas. Antes de começar, eu escolhi, entre seis pedras apresentadas, a que mais tinha a ver comigo – e essa pedra foi então utilizada sobre meu corpo em determinado momento. O tratamento mescla técnicas de massagem com aromaterapia, cromoterapia e terapia com pedras – eu simplesmente apaguei váaaaarias vezes de tão relaxante e revigorante que foi.
Quem cuidou de mim, à luz de velas e ao som de melodias orientais, foi a cubana Maithe (fofíssima, que se apresentou dizendo “My name is Maithe, but not Proença”). No final, ainda ganhei de presente um colar que tem como pingente a pedra que escolhi para o ritual.
É ou não é pra ser apaixonada por eles?
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.