A moda agora é o turismo para pais separados

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Essa eu pesquei lendo o suplemento de viagem do jornal chileno La Tercera. Olha só: a gente sabe que, feliz ou infelizmente, muitos casais são desfeitos anualmente, oficialmente ou não. E que, em muitos casos, há crianças envolvidas nessa separação. Mas sabe o que andam defendendo por aí? Que, no que diz respeito ao turismo, a coisa não poderia ir melhor.

Moral da história: férias de verão, em qualquer parte do mundo, significam viagens com as crianças. E, ao que consta, os pais separados modernerx andam esquemando para que as crianças passem um mês de férias no verão (ou meio) com cada um deles. Ganham os pais, curtindo a companhia dos filhos, e ganham os filhos, viajando mais do que viajavam quando os pais eram casados :-))))))

Sejam pais separados ou pais que nunca viveram juntos, o termo em voga é “single parent”. Basta googlar pra descobrir como esse termo pegou. E tem muita agência de viagem ganhando – e muito – dinheiro com isso.

Pelo que pesquisei, no Brasil a coisa ainda engatinha, e devagarzinho; mas lá fora a coisa vai muito bem, obrigada. Aliás, o curioso é que a maioria dessas agências é inglesa (os ingleses se separam mais deixando filhos ou são apenas mais inteligentes para se aproveitar da crise conjugal e ganhar dinheiro? #ficaaduvida).

Ao que parece, a grande precurssora foi a agência Mango , de propriedade de um ex-casal inglês que se baseou nas próprias férias separadas em família para montar os pacotes que oferece aos seus clientes. Outras vieram no embalo, como The Adventure Company , Responsible Travel e Holidays with kids . Sem falar na big Single Parents on Holiday , que oferece pacotes do gênero na versão ultra luxo.

A Mango defendeu no artigo do jornal que os single parents devem evitar ao máximo férias em resorts com kids club; afinal, a idéia e passar um tempo de qualidade JUNTO das crianças. Segundo eles, boas escapadas de finde e roteiros maiores e cheios de aventuras na Europa e na África são as melhores opções. E eles devem ter fundamento. Afinal, o livro “Single Parent Travel Handbook”, de Brenda Elwell, que até hoje vende super bem, também recomenda destinos “aventureiros”,como Egito e Galápagos.

Pois me digam: alguém conhece uma agência que trabalhe de verdade com isso aqui no Brasil?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.