A Triennale no Palais de Tokyo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

 Eu diria o seguinte: independentemente de você curtir ou não arte contemporânea, se vc estiver em Paris enquanto rola a Triennale no Palais de Tokyo, vá. Porfaplease, si vous plait, vá. E, se der, pegue uma visita guiada – acho que arte contemporânea mediada é sempre melhor fruída (afinal, é ainda um tipo de arte difícil de agradar à maioria das pessoas).

 A visita à Triennale estava na programação do meu tour com a Biarritz e o Palais de Tokyo já é meu velho conhecido de outras viagens – acho o prédio lindo, a vista ótima, o café bacana, as mostras sempre cool. Então lá fomos nós, munidos de guia local, percorrer os salões da (ótima) Triennale.

 Confesso a vocês que, não fossem as intervenções rápidas e certeiras da nossa guia no museu, eu não teria curtido tanto a exposição. Mas foi não apenas um sonho realizado visitar uma Triennale em Paris como uma baita experiência em termos de arte contemporâne. Mesmo. 

 Além da Triennale, ainda tem uma mostra regular do Palais no piso inferior que também vale super a visita. Recomendo muitíssimo que se aproveite a trienal para ver isso também.

 Aliás, falando em “aproveitar a viagem”, também recomendo muito visitar o vizinho Musée d´Art Moderna, que ocupa o prédio ao lado. 

Reúne de tudo um pouco, inclusive os grandes mestres – e ainda tem entrada grátis para a coleção permanente e wifi para os visitantes 😀

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.