Beach Park para os pequenos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×
Entre tobogãs e escorregas

 Quem sou eu para falar sobre viajar com crianças para o Beach Park, né? Ainda mais que a super Sut-Mie, do Viajando com Pimpolhos, que também estava por lá nos mesmos dias que eu, levou suas pimpolhas para lá e vai contar tudinho nos mínimos detalhes.

Os tios levam todo mundo juntinho para o rolê pelo parque

 Mas para quem sempre curte uma pitadinha de “viagem em família” aqui no Pelo Mundo, vale deixar um registro. Até porque eu acompanhei bem de pertinho, diariamente, o quanto a Clara e a Nina, as pimpolhas da Sut, se divertiam por aquelas bandas.

O balde cheio d´agua que vira faz tanto sucesso que até os adultos esperam por ele

 A coisa começa nos próprios hotéis do complexo, com os tios do Kids Club cuidando das crianças de manhãzinha até 22h – caça ao tesouro na areia, brincadeira na piscina, giro pelo próprio Beach Park antes do parque abrir para os visitantes, pintura, fantoches, recortes e outras brincadeiras mil na salinha deles, com vista para o playground.  E os tios olham mesmo; eu, que não manjo muito da coisa, tinha ficado impressionada com o carinho e atenção com que eles cuidam dos pequenos; e até a Sut-Mie, que tem a maior experiência no assunto, também ficou agradavelmente surpresa.

O Acqua Circo, a parte novinha para os babies, é tomada de cores

 Os 3 hotéis contam tanto com piscina geral, para adultos e crianças, como com piscina exclusiva para os pequenos. Os restaurantes dos 3, que funcionam em esquema buffet, têm sempre café da manhã e jantar com os tios, para os papais que querem uma folguinha, e o “buffet kids”, com arroz e feijão ao ladinho de nuggets, batatinha frita, purê de batata, salsicha e outras comidinhas que as crianças geralmente curtem.

Espaço ali não falta…
… e cada criança acha seu cantinho

 Quem quiser, também pode alugar uma cabana familiar bem no meio do parque, com direito a sombrinha, sofás, conforto, LCD e um frigobar com água geladinha, entre outros mimos.

Para descansar cheio de conforto

 E no Beach Park propriamente dito, então… well, o que não falta ali são atrações para as crianças. Os menorzinhos agora têm seu próprio cantinho por ali, com as atrações coloridíssimas sobre um piso totalmente emborrachado no novíssimo Acqua Circo. Mas a área infantil do parque, com o famoso balde cheio d´agua que vira e mexe “vira” sobre quem brinca no local, também continuam todos por lá. E o tobogã que leva o patrocínio da Gol também faz o maior sucesso entre os pequenos – até eu escorreguei por ali ;-)))

As crianças maiores se divertem junto com os pais nos tobogãs e brinquedos

 E mesmo os brinquedos para adultos também são permitidos para os maiorzinhos, desde que eles ultrapassem os 1,20m ou 1,25m mínimos exigidos em cada um – assim pais e filhos podem brincar juntos nos tobogãs. Aliás, vou dizer pra vocês: a quantidade de pais e filhos, do alto dos seus 9 ou 10 anos, descendo em sequência do gigante Insano, é mesmo divertidíssima – principalmente porque os pais descem com muito mais receio que os filhos :-)))))

Até eu fui atingida involuntariamente por um desses jatos d´agua enquanto fotografava!

 E para os pequenininhos, qualquer jato d´agua ou brinquedo é motivo de festa 😉

Não é uma fofura?

 Eu não sou a mais chegada em parques, mas acabei me divertindo muito mais do que esperava naquele mundo de tobogãs, boias e tubos. E me diverti muitíssimo também ao ver as pequenas Clara e Nina se divertindo tanto. Sem contar que filosofia do parque tem muito a ver comigo: “a onda é ser feliz agora” 😛

 E, claro, parque que se preze tem também uma big loja na entrada/saída, né? A do Beach Park tem toda a turminha da Dona Foca em pelúcia e estampando camisetas, roupões, bolsas, cadernos, toalhas e mais um montão de presentinhos.

Obrigada pelo convite, Dona Foca 😉

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.