Blogueiro viajar sem note, é possível?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Final da semana passada lancei no twitter essa pergunta de cunho twitterapêutico – conseguiria eu, blogueira, tuiteira e facebuqueira desvairada, embarcar numa viagem de quase 10 dias sem o note?
Minha timeline, pelo jeito, é tão cibernéticamente viciada quanto eu – 90% do povo disse categoricamente que NÃO, eu não conseguiria (ou não deveria). Foram pouquíssimas as almas mais tranquilas e equilibradas que me sugeriram dar um tempo desconectada e aproveitar melhor a viagem.
Fuçando nos blogs prediletos ontem, descobri que a Solo Traveler está se dedicando exatamente ao mesmo “experimento” – encarar um final de semana de viagens (ela é menos ambiciosa :-D) offline pra aproveitar ao máximo a viagem, in loco, e não virtualmente. 
Nas últimas viagens, percebi que gastei MUITO, mas MUITO tempo mesmo no quarto do hotel graças às maravilhas do free wifi – e, com a bateria do meu note arriada, funcionando só quando plugado, a tal da portabilidade do dito cujo virou nula. Então tô pensando seriamente em, nesse caso, com uma viagem muito corrida de trabalho pela frente e internet paga, em deixar o bichinho em casa (mas levar o smartphone, claro, que ninguém é de ferro!!!). E voltar à relação de afeto incondicional com meu bom e velho caderninho.
Vocês acham isso possível e viável? Ou tô querendo muito?
Afinal, blog também é terapia, né? :-)))))

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.