Capas para malas

126 Flares Twitter 5 Facebook 116 Google+ 3 Pin It Share 2 126 Flares ×

WP_20140619_15_23_31_Pro Testei modelos e marcas diferentes da nova febre nos aeroportos brasileiros

 

 

 

 

Nos últimos meses, andei recebendo em casa amostras de capas para malas de diferentes materiais e marcas (e agradeço muito por todos eles). Eu já vinha notando, desde o começo do ano, essa nova febre de turistas brasileiros empacotarem suas malas (como alternativa ao lamentável “magipack” dos aeroportos) tanto em voos nacionais como internacionais.

Não que as capas para malas sejam novidade, mas antes eram mais confinadas a malas de modelos esportivos (eu mesma já usei há tempos numa mala de nylon e tenho amigos jornalistas que usam em suas viagens há anos); hoje ganharam definitivamente o universo das duas e quatro rodinhas para os brasileiros.

Claro, as capas não são garantia de que sua mala não será violada ou danificada (mas podem, sim, ser um bom inibidor). Funcionam como uma proteção de casco mesmo – de fato, as malas “encapadas” chegaram quase sem riscos ou sujeira ao destino (a sujeira fica toda na capa e daí é só colocar a capa pra lavar). E,do ponto de vista financeiro e da sustentabilidade, é mesmo mais viável que o empacotamento da mala com plásticos nos aeroportos: você gasta menos tempo, menos dinheiro (a mesma capa vale para várias viagens) e tem menos desperdício com o produto reutilizável em várias viagens. E, para os mais zuretas, que conseguem a proeza de não reconhecer sua própria mala na esteira, eis aí um big help para enxerga-la e reconhece-la de longe. Várias empresas aceitam, inclusive, fazer capas personalizadas com nome do passageiro, foto ou logo de empresa.

Dos modelos que recebi, gostei mesmo de dois pela questão de resistência do material de confecção da capa e da qualidade do acabamento:

LUGGY

Gostei muito do material, um tecido bem grosso e resistente. E gostei também da estampa “São Paulo” que me enviaram, discreta e que também camufla um pouquinho a sujeira pós voo. A capa fica bem justa e certinha na mala e o fecho na parte inferior também é bem resistente. Voltou quase intacta da viagem e soltou um tiquinho só de tinta na primeira lavagem. A vantagem para os consumistas é que tem tamanhos de capa até GG, para aquelas malas gigantonas (são poucas as empresas que oferecem esse tamanho extra grande). Mas como o tecido é grosso e bem justo, é um pouquinho demorado “vesti-la” na mala sem a ajuda de alguém. O processo de compra é bem simples e a entrega bem rápida.

capa para malacapa para malacapa para mala

Preço: 89,90 cada capa, com a maioria delas disponível nos tamanhos  P,M,G,GG (algumas, infelizmente, existem só no tamanho GG -como uma lindona que imita a capa de um jornal)

 

LUGGIO

A Luggio foi uma das últimas empresas do setor a entrar no mercado brasileiro. Gostei bastante da proposta: as capas vêm dobradas de maneira que parecem apenas uma necessáire, com zíper e tudo, ficando bem fácil na hora de guardar. Recebi o modelo “Daphne”, bem mulherzinha. A capa,embora de tecido mais fino, também resistiu bem à viagem e à lavagem. Adorei o fecho duplo que eles têm na parte inferior (o mais caprichado de todos que vi), com botões E zíper, bem reforçado.

Tem um corte que deixa livre acesso também ao puxador lateral da mala (algo que a maioria não tem e acho que facilita o próprio manuseio pelo pessoal do aeroporto), mas falta nela (como bem lembrou a Lena nos comments) uma abertura para a alça superior da mala.Tem um bolsinho extra com zíper na parte traseira da capa e é muito fácil e rápido vestir e desvestir a mala com ela, mesmo com o expansor acionado, e mesmo estando sozinho. Ah! não tem só estampa-de-vibe-capricho como essa que me mandaram, não; tem padronagens geométricas, estampas diferentes bem discretas e até capas lisas. Processo também simples para compra online e  entrega.

capa para malacapa para malacapa para malacapa para malacapa para mala

Preço: 89,90 cada, nos tamanhos P,M,G.

 

 

TRIPPY

A capa da Trippy foi a última que testei – e gostei muito. Apesar do tecido ser mais fininho e sensível que das demais, ela corrige uma falha importante no mercado: tem cavas bem grandes na parte inferior da capa, evitando de todos modos que a mesma enrosque nas rodinhas e seja danificada.

Capas para malas Capas para malas

Gostei também da proteção redobrada no fecho inferior (com faixas em sentidos vertical e horizontal) e dos zíperes dos dois lados, assim a alça lateral de qualquer tipo de mala fica contemplada. O processo de compra e entrega é rápido e simples e ela vem numa bolsinha plástica para facilitar o armazenamento quando não está sendo usada.

Preço: a partir de R$79,90, em tamanhos P, M e G.

 

 

Um alerta pra quem for comprar capas pras suas malas: verifique sempre antes de comprar se elas têm abertura fácil para os puxadores e carrinho, assim como acesso fácil ao cadeado TSA para o caso de inspeção em alfândegas (como acontece vira e mexe com quem viaja para os EUA).

126 Flares Twitter 5 Facebook 116 Google+ 3 Pin It Share 2 126 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.