Clase de tequila

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Eu falei pra vcs que tinha feito mesmo uma aula INCRÍVEL sobre tequila no Las Ventanas al Paraiso (http://www.lasventanas.com/), não foi?

Pois, atendendo a pedidos, aqui vão os detalhes.
A “classe de tequila”, personalíssima, aconteceu numa tarde DIVINA no adorável Tequila&Sushi Bar do hotel (dá só uma olhada no visu por trás das fotos!).
Eis que o Erik (muchisimas gracias, cariño!), um tequilero de verdade – porque é especialista em tequilas e não porque sobe no balcão para jogar tequila na boca de uns desesperados -, com a maior paciência do mundo, me ensinou que o que bebemos por aqui, infelizmente, não é tequila de verdade.

Calma, eu explico: tudo começa com essa santa plantinha aqui, o agave.

Sabe a cachaça ruim que chega pros europeus??? É assim com a tequila pra gente; só chegam aqui as versões mescladas com álcool. E a verdadeira tequila – ooops, O tequila, porque pra eles é masculino! – tem que ser feita com 100% agave. Acreditem: o sabor é muuuuito diferente.

Daí que tequila NÃO PODE beber tudo de uma vez, com sofreguidão. Tem que beber lentamente, degustando cada gole. Para acompanhar, sal NO limão ou o que eles preferem, uma misturinha deliciosa de suco de tomate, limão, sal e pimenta que acentua ainda mais o sabor da bebida. Na aula, provei as diferenças entre o blanco, reposado, añejo e extra añejo. A diferença básica dos três está no tempo de armazenamento antes de engarrafar, o que muda muito a cor e o sabor da bebida. Anotem aí para a próxima compra: tequila só 100% agave – Jose Cuervo que me perdoe mas, de preferência, uma Centenário ou uma boa Don Julio, tá?

Pronto, já posso beber com estilo ; ))))
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.