Hotel review: La Residence, Franschhoek

12 Flares Twitter 3 Facebook 9 Google+ 0 Pin It Share 0 12 Flares ×
Cada quarto tem um motivo, uma cor predominante e um estilo diferente na decoração

 Nessa última viagem à África do Sul em março último, voando ao país a convite da South African Airways e rodando pela Cidade do Cabo e winelands sul-africanas com a Journey Beyond, acabei tendo uma das melhores experiências de hotelaria dos últimos tempos na pequena Franschhoek, que segue sendo minha cidadezinha preferida ali na região.

 O La Residence é um hotel de luxo que soube manter com esmero o ambiente low profile que é tendência no mercado hoje. Os quartos tem decoração impactante e os banheiros, divinos, são um capítulo à parte; são suntuosos mas não chegam a ser exagerados. É tudo na medida ali, assim como a discrição do staff super cálido e atencioso o tempo todo – o gerente Edward cobre de atenções pessoalmente os hóspedes e o “mordomo” da propriedade é um verdadeiro personagem, inesquecível.

 Candelabros indianos pendurados no teto, espelhos mil e uma quantidade impressionante de obras de arte nacionais e tapetes persas, além de várias peças e objetos coletados em antiquários na decoração, estão por toda parte.

A simpatia do chef no preparo…
… se reflete na delícia do prato no jantar

 Ocupando uma propriedade de 30 acres, produz seus próprios vinhos, oriundos das belas vinícolas que rodeiam o casarão principal e as duas villas, protegidos pela cadeia montanhosa da região. Orquídeas também estão espalhadas por toda parte, inclusive à margem dos vinhedos. As vistas de todos os quartos são incríveis, sempre para esse cenário orquídeas+vinhedos+montanhas. E a propriedade era um sossego só, dia e noite, mesmo tendo como hóspedes vários casais e alguns grupos de amigos.

 Nos quartos, até o frigobar está incluído – mesmo as diárias mais simples incluem café da manhã, frigobar, café, chá, bebidas alcoólicas, wifi, lavanderia completa ilimitada (o que foi um bálsamo pra mim depois de mais de dez dias de viagem :D) e transfers para o centrinho de Franschhoek (e também para os restaurantes estrelados da cidade), o que justifica seu custo. Há também opção de pensão completa, dando direito a, além de tudo isso, almoço e jantar gourmets.

  O café da manhã estilo buffett em quatro estações diferentes é perfeito, ainda mais se tomado nas mesinhas do jardim, disfrutando da vista. E a cozinha – e o chef – ficam super acessíveis para visitas e perguntinhas durante o almoço e o jantar.

 Nos ambientes comuns, inifinty pool e várias espreguiçadeiras com vista para os vinhedos fazem sucesso; há uma rota deliciosa de corrida pela propriedade e bicicletas são emprestadas sem custo durante todo o dia para os hóspedes – bela pedida para percorrer as vinícolas da região, a propósito.  Biblioteca e spa também estão no menu de atividades.

Romântico que só ele!

12 Flares Twitter 3 Facebook 9 Google+ 0 Pin It Share 0 12 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.