Hotel review: Ritz Madri

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

A parte bacanuda da hospedagem em Madri foi no estilo melhor-impossível. O Ritz Madri é o hotel mais tradicional de toda a cidade, com toda uma história desde sua fundação envolvendo a família real e autoridades do mundo inteiro. E hoje, é claro, conta com os brasileiros como parte importantíssima do seu quadro de clientes – encontrei vários por lá, inclusive uma leitora aqui do blog 😉

 Parte da coleção da Orient Express, esse hotelaço na Plaza de la Lealtad, em pleno Paseo del Prado, vale mesmo o quanto pesa: as tarifas valem, em geral, desde 250 euros por noite (mas vale super ficar ligado no site que as “best available rates”, para última hora, e as reservas com antecedência costumam trazer ótimas surpresas) mas o serviço é mesmo muito atencioso, da recepção às camareiras.

 Lidaram com a greve geral de maneira muito polida e educada, alertando os hóspedes por carta sobre os locais que poderiam estar fechados e as dificuldades com transporte público para o dia de paralisação e pediram a compreensão se não houvesse turn down service naquele dia por falta de funcionários, já que a greve era um direito do trabalhador (vi também o concierge ser o rei da paciência com uma turista americana que não aceitava que o restaurante onde queria jantar estivesse fechado por causa da greve).

 Os quartos todos ganham gentis amenidades de boas-vindas e alguns deles têm um simpático balcão. O estilo é todo antigão, do quarto ao banheiro; uma remodelação cairia muito bem por lá. Mas, no geral, é bastante confortável, com muito espaço. E a internet é grátis no wifi no hotel todo e também há um business center para você poder imprimir e fazer seu web-check in, por exemplo.

Os salõezões do hotel, bem clássicos e sempre cheios, eu nem aproveitei, porque a estadia foi corrida- no último dia, saí do hotel antes das cinco da matina. O café da manhã, excelente, conta com buffet de 3 estações de pratos frios, pratos quentes à la carte e um serviço atencioso e eficiente.

Dali dá pra ir a pé a vários pontos de Madri e é possível fazer o seu exercício diário logo ao lado, no adorável Parque del Retiro (no outono é uuuultra convidativo). Mas quem preferir conta com um fitness center pequeno mas bem completo aberto dia e noite.  Só falta mesmo ali um spa.
Belo hotel.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.