Líquidos na mala de mão: o que levar

60 Flares Twitter 10 Facebook 47 Google+ 3 Pin It Share 0 60 Flares ×

Beleza pra viagemCremes, maquiagem, protetor solar, produtos de higiene… como carregar o básico necessário (pra você) no “zip lock” da mala de mão

 

 

 

Já contei aqui e em outras bandas cibernéticas e impressas sobre o que vai na minha mala de mão e na minha necessaire despachada na maioria das viagens. Assumo sem medo que, por mais que ao longo dos anos tenha me acostumado a viajar leve, com o mínimo de coisas possível, o item cujo tamanho nunca mudou foi minha necessaire.

Mas ultimamente cresceu o número de leitores que me pergunta como eu faço para escolher o que vai comigo no avião (e tem leitora que adoooora post na vibe #brioches 😉  ), acondicionado na embalagem plástica vedada (vulgo “ziplock”), e o que vai despachado na mala. Pois a minha regra é bem clara: vai comigo o que eu uso mais e que não quero (ou não posso, dependendo da circunstância) ficar sem ao chegar no destino (ou durante a viagem de avião).

Isso quer dizer que o que colocar exatamente na embalagem plástica que vai na sua bolsa ou bagagem de mão é algo muito, muito pessoal. Depende do que é importante ou fundamental para você. Se você toma remédios, eles têm que ir com você o tempo todo, é claro (e, nesse caso, é bom ter a receita com você o tempo todo também). Se você usa lentes de contato, tem que lembrar de levar também o seu sorinho. E assim por diante. E, sim, nós mulheres levamos mais coisas no plastiquinho mesmo; no fundo, a maioria de nós não quer abrir mão de ter consigo seus creminhos (muitas vezes para usar no avião mesmo) e maquiagem.

Cada passageiro pode levar na sua bagagem de mão pequenas quantidades de artigos líquidos, desde que não ultrapassem a capacidade máxima de 100 ml por cada recipiente, num total de um litro. Ou seja, não adianta levar uma embalagem grandona que “só tem um tiquinho de creme”. Não. A capacidade máxima DESCRITA na embalagem tem que ser de até 100ml. E todos esses líquidos deverão ser transportados num saco plástico transparente fechado (com fecho zip ou semelhante), sendo apenas um saco por passageiro, cuja capacidade total do mesmo não seja superior a 1 litro.

Como eu viajo muito e não quero ter que ficar pondo e tirando as coisas do ziplock a cada  viagem, eu uso uma embalagem transparente do mesmo tamanho do ziplock de um litro, mas com zíper e de plastico mais durinho (presenteada por uma amiga há um tempão). Ela funciona super bem e vai comigo em toda santa viagem há uns 4 anos. Nela eu levo tudo que está aí na foto sobre ela:

Meu "ziplock" (com zíper) velho de guerra e os produtinhos que embarcam sempre dentro dele, na minha bolsa

Meu “ziplock” (com zíper) velho de guerra e os produtinhos que embarcam sempre dentro dele, na minha bolsa

São todas embalagens pequenininhas, pra não ter mesmo perigo de “ultrapassar o limite”. Se eu estiver tomando algum remédio, ele vai comigo aí também e tem espaço de sobra. E sempre vai também uma miniatura de perfume que eu escolho na hora H, dependendo da “lua” (minha lua, ofcoursemente) 😛

Tem de um tudo aí, é verdade. E é coisa pra caramba, não? Mas, acredite, não chega nem perto do limite de 1 litro nem, muito menos, corro o risco de estourar esse zíper 🙂 Do creme anti-idade ao demaquilante, do amado BB cream ao filtro solar para o rosto, do lubrificante de olhos ao hidratantezinho de rosto e pasta de dentes (já para usar no próprio avião!), tá tudo ali. Entre itens comprados assim mesmo, deste tamanho travel size, e um ou outro que veio brinde na compra de outras mercadorias, a capacidade máxima de todas essas embalagens é de 30ml – e algumas têm bem menos que isso, como o mini delineador fofíssimo (e brasileiríssimo, da linha Faces da Natura) que tem míseros 3,5ml

Produtos que vêm em embalagens tipo refil não pesam na mala despachaada e são práticos para encher frascos próprios para levar na bagagem de mão

Produtos que vêm em embalagens tipo refil (acima) não pesam na mala despachada e são práticos para encher frascos próprios para levar na bagagem de mão

Shampoo, condicionador, sabonete líquido, protetor solar para o corpo, desodorante etc eu sempre despacho na mala principal – é o tipo de coisa que, se a minha mala (toc, toc, toc) não chegar ao destino junto comigo, eu posso comprar e repor em qualquer supermercado ao chegar (ou até usar os oferecidos hotel, se for o caso). Os líquidos que vão despachados na mala de porão não precisa estar em saco tipo ziploc nem tem restrições quanto às embalagens e tamanhos.

Mas para quem não abre mão de levar esse tipo de produto de higiene consigo no avião, uma boa é investir nos produtinhos tipo “refil” e com eles encher as miniaturas de frascos próprios para viajar, vendidos em qualquer farmácia. Assim você leva seus produtos favoritos consigo sem ultrapassar os limites de tamanho e volume determinados. Quem for encarar uma viagem mais longa, despachar essas embalagens refil (inteiras mesmo) também não pesa nada na mala.

E você? O que vai de líquido na sua mala de mão?

60 Flares Twitter 10 Facebook 47 Google+ 3 Pin It Share 0 60 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.