Live blogging: Galápagos!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

 Coooorta da Escócia rapiderx pro Equador. Eu juro que não era essa minha intenção; queria contar primeiro tudinho da Escócia antes de passar pro destino seguinte aqui no blog. Mas quando eu começo a twittar e Instagramar “ao vivo” de outro destino, tem sempre muita gente que “cobra” contar ao vivo aqui também.

 Então vamos lá, aproveitando que aqui no barco a internet, apesar de só funcionar no deck do bar, tá bem boa. Resumo da ópera: ontem voei, via Bogotá, de São Paulo para Quito (comentei no twitter sobre a compra dessa passagem, que custou muito mais do que esperava, lembram? mas também porque comprei meio em cima da hora, bien compris). Pois bem. Acabei chegando no hotel já quase de noitinha que a fila da imigração em Quito demorou literalmente uma hora inteirinha, uma loucura. E depois pegar mala, táxi, cheguei. Mas não vi nada da cidade a bem da verdade; só um pouquinho do centro todo iluminado (lindo!) quando fui jantar.

 Hoje cedo fui direto pro aeroporto para voar – enfim!!! – a Galápagos. Os voos a Galápagos sempre fazem escala em Guayaquil, sejam eles para San Cristóbal ou Baltra, tanto faz – então toma bastante tempo da gente. Peguei o voo cedinho e só cheguei no barco já na hora do almoço.

  Estou no La Pinta, que é o barco mais bookado pelos brasileiros que fazem Galápagos em cruzeiro – mas não tem nenhum conterrâneo aqui comigo agora (dizem que em janeiro tem muito, muito, muito). O barco é bem legal, tripulação amável, e já começamos com atividade à tarde – mas light, caminhadinha por entre tartarugas gigantes, uns lobos marinhos aqui e ali, essas coisas. É um cruzeiro de expedição, da linha que o Australis faz na Terra do Fogo: nada de noites formais, ou jantares de gala muito menos farra na piscina. É todo mundo vestido super informal, interessado mesmo em curtir as belezas do arquipélago – e comer bem também, claro :-))))

 Voltamos ao barco quando o sol já tinha ido embora e tivemos uma sequência de atividades aqui mesmo, antes do jantar. Agora, terminado o jantar, vim correndinho pro deck do bar pra subir esse post. Mas também não vou me alongar muito, não; amanhã o dia começa às 6 em ponto e deve ter de tudo um pouco – inclusive o esperado (por mim) deep sea snorkeling.

 Galápagos sempre esteve na minha wish list viajante, desde pequena. Depois, quando aprendi de fato sobre Darwin e a teoria da evolução, virou definitivamente um must go. Baita sensação de sonho realizado pisar aqui.

Beijo pra vocês e até amanhã (aqui estou 3h “atrás” do horário brasileiro). E se liguem também no Instagram, que as fotinhos vão subir a toda por lá durante o dia.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.