Miami: art deco walking tour

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×
O Kenn fazendo o briefing com o grupo antes de começar a caminhada

Enfim fiz algo que tava adiando desde a primeira vez que visitei Miami: entrar num dos art deco walking tours oferecidos em Miami Beach. Claro que eu já tinha andado por ali outras vezes; mas entrar num tour desse tipo é mesmo outra coisa.

Tudo ali parece cenário de algum filme

 Os tours são promovidos pela Miami Design Preservation League, uma das grandes responsáveis pela revitalização geral da área há algumas décadas.

O Kenn empolgado, comentando as influências arquitetônicas

  Os art deco walking tours acontecem todos os dias às 10h30, saindo da frente do Art Deco Welcome Center (1001 Ocean Drive – 10th Street & Ocean Drive) – eles oferecem também outros tours, btw. Você pode comprar os ingressos (US$20, com desconto para idosos, crianças e estudantes) antes, online, ou na hora H mesmo (mais garantido reservar antes, porque os tours saem cheios).

 Os guias são em geral idosos moradores do bairro, que falam apaixonadamente sobre toda a história de Miami Beach e o processo de revitalização recente pelo qual passou a área. O guia do meu grupo, o Kenn, era super empolgado e a cada parada distribuía folhas em xérox para os integrantes do grupo com fotos tipo antes e depois, ou closes em detalhes internos de edifícios nos quais não podíamos entrar, uma graça.

Os kiosques da Leblon ao fundo e o táxi propagandeando a Argentina:  Miami mais latina ainda 😉

 A gente caminha pouco durante a 1h30 do tour, na verdade, já que são feitas váaaaaarias paradas ao longo do trajeto para observar detalhes. Primeiro, o guia explica toda a história do lugar, desde como as terras de Miami Beach foram vendidas a centavos por metro quadrado no início do povoamento da área, como as coisas mudaram com o primeiro trem que vinha de Palm Beach no finzinho do século XIX, do furacão que devastou complemente a região na década de 20 e como as mudanças econômicas e sociais interferiram definitivamente na arquitetura dali.

Congresso, um clássico

  Ao longo da caminhada, o guia vai explicando sobre os estilos Art Deco, Mediterrâneo e o chamado MiMo (Miami Modern), enquanto observamos hotéis, restaurantes, condomínios e centros comerciais com detalhes curiosíssimos.

A maxi mansão do falecido Versace

 E também conta várias fofoquinhas e curiosidades – como o fato de a casa de Versace ser a terceira fachada mais fotografada de todo o território dos EUA (só perde, óbvio, para a Casa Branca e Graceland) e das 3 janelas do último andar do The Tides, o edifício mais alto de Miami Beach, terem sido usadas por 3 imensos telescópios durante a 2a. guerra.

Fachada do The Tides
E close nas janelas telescópicas

Advinha onde ficava o cassino???

 Aproveite e passe na lojinha do Welcome Center antes de ir embora. Mesmo que você não compre nada, é uma graça: dos posters de todos os festivais de Miami Beach aos curiosos porquinhos e flamingos símbolo da área, puro kitsch 😉

Olha, 1h30 muitíssimo bem aproveitadas, tudo explicado bem devagar, muito didático mesmo.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.