Minha melhor refeição no Espirito Santo: Don Lorenzoni

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Um monte de gente se empolgou no twitter com minha viagem ao Espírito Santo, dizendo que de repente o Estado tinha entrado no seu mapa de destinos. Fico feliz mesmo, porque eu mesma não conhecia ainda o que – hoje – eu acho que é o maior atrativo dessa terra: suas belíssimas montanhas, de gente tão interessante e gastronomia tão rica.

E como a excelente gastronomia capixaba foi mesmo um dos pontos mais altos da viagem – da viagem anterior, honestamente, eu só lembrava da (ótima, claro) moqueca capixaba -, nadda mais justo que deixar registrado aqui a refeição que eu considero a melhor de todas (muito boas, por sinal) que fiz nessa viagem: o jantar no Don Lorenzoni.

Pra começo de conversa: o ambiente do Don Lorenzoni é uma delícia. Foi o próprio chef e proprietário – o super simpático Fernando Lorenzoni, que fez cursos mil na Europa antes de abrir o restô – que cuidou de cada detalhe da reforma (ou, talvez, o melhor termo fosse “transformação”) do antigo paiol que há décadas é de propriedade da família, que imigrou da Itália. Rádio dos anos 40 (em pleno funcionamento), fotos de família, botas que pertenceram ao avô… tá tudo lá, misturado com algumas peças e ambientes de design (o banheiro é MARAVILHOSO) e móveis feitos sob medida.
E, claro, a comida é de babar. De entrada, fui na clássica Torre de Polenta, que virou tradicional da casa. Só não comi de joelhos porque eu tava muito gripada e ficando febril.
Depois, o salmão do prato principal, que estava excelente – mas eu morri mesmo por esse risoto, uuuuultra cremoso.
E a sobremesa, então? Não bastasse o brownie quente ser de macadâmia, o sorvete que acompanhava era de vinho! (amei o de cabernet sauvignon).

O Don Lorenzoni fica em Venda Nova do Imigrante, uma das cidadezinhas mais fofas que eu conheci na região de Domingos Martins e de Pedra Azul, nas montanhas capixabas. E pra onde, aliás, já tô pensando em voltar pra um roteiro à la Destemperados, de pura gastronomia.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.