Na metade do mundo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Viajar ao Equador e não pensar no meridiano 0,  nas latitudes do planeta e no folclore de estar “na metade do mundo” é impossível. Então, não à toa, o Monumento Mitad del Mundo é das atrações turísticas mais visitadas de todo o país – sobretudo em se tratando de turistas que visitam a capital Quito, é claro.

 O Monumento fica nos arredores de Quito, a mais ou menos 40 minutos de carro do centro da capital. É possível chegar lá em táxi, tours (todos os receptivos locais fazem o tour diariamente, sozinho ou incluído em outro passeio, como Otavalo, por exemplo) ou em scooters alugadas. Chegar é simples e bem sinalizado, em boa estrada.

 A entrada ao monumento custa 2 dólares por pessoa e o local conta com, além do monumento em si e uma espécie de relógio solar (a famosa Cruz Andina) com a linha do Equador “desenhada” em amarelo no chão,  com uma sequência de lojinhas de artesanato/lembrancinhas, lanchonete e até uma agência dos correios que, obviamente, carimba os postais e cartas com um selo especial que diz “Mitad del Mundo”. Dentro do monumento tem um mirante legal para ver a cidade do alto e um museu de povos e costumes equatorianos bonitinho.

 Ali, apesar das hordas de turistas e montes de ônibus de excursão no estacionamento, a grande pegadinha é que, o local do Monumento NÃO é o “exato” local por onde passaria o meridiano. O local “exato”, na verdade, estaria localizado a quase UM QUILÔMETRO dali, mais especificamente onde fica o Museu Latitud 0.

 O Museu é engraçadinho e se vale de um monte de “experiências” físicas para “provar” que estaria no exato local da latitude 0o. 0′ 0″ – incluindo dar a descarga :) E também tem um carimbo naquele “Machu Picchu style”, pra quem quiser carimbar o passaporte.

O programa é típico. Mas não consideraria de jeito nenhum essencial. E, entre Monumento e Museu, fico com o museu, sem sombra de dúvida – do monumento acho que a parte mais legal é a vista.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

About the author

Jornalista, travel writer, viajante, escritora, leitora, blogger, solo traveler, cruiser, globetrotter, foodie. Sempre por aí ;)