Novidades da hotelaria

2 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 1 Pin It Share 1 2 Flares ×

Nova marca do Grupo Hilton, um hotel suíço comandado exclusivamente por mulheres, Manolo Blahnik e roteiro matador entre Itália e França

 

 

 

 

 

 

Sempre tive por princípio básico na minha vida no jornalismo e aqui no blog também em só escrever sobre destinos, experiências e propriedades que eu mesma tenha experimentado pessoalmente. Afinal, o mais importante na relação com o leitor – seja nos jornais e revistas ou aqui – é a relação de confiança que estabelecemos desde o começo e que mantemos durante esse relacionamento. Só há uma única exceção que abro a essa regrinha: falar de novidades da hotelaria de redes que conheço, gosto e confio ou propriedades que vêm dando o que falar em publicações internacionais.

Então, deixando bem claro: não me hospedei nos primeiros hotéis que vou mencionar a seguir – da marca Tapestry da Hilton e o Lady´s First de Zurique – e por isso mesmo ainda não posso recomenda-los. Mas achei ambas novidades bem interessantes, daquele tipo para ficarmos de olho e considerarmos em viagens futuras. Já a última propriedade, o Four Seasons de Milão, conheço muitíssimo bem, já me hospedei em diferentes ocasiões lá (tem review de duas destas ocasiões aqui e aqui) e continuo recomendando muitíssimo.

 

 

 

Nova marca Hilton

O grupo hoteleiro Hilton acaba de lançar sua 14a. marca: trata-se da Tapestry Collection by Hilton, uma coleção de hotéis mais sofisticados e originais que buscam oferecer experiências de hoteis independentes e valor acessível.

Assim, cada hotel que passa agora a fazer parte da coleção Tapestry vai continuar mantendo sua individualidade, com experiências exclusivas, acessíveis e familiares – mas “chanceladas” pela confiabilidade do nome Hilton, e, claro, pontuando também no programa Hilton HHonors.  A ideia é contemplar o cada vez maior número de turistas que buscam a experiência de um hotel menor e independente mas sem que, para isso, precise abrir mão da relação de consistência e confiabilidade que já têm com uma marca conhecida como a Hilton.

No segmento upscale de hotéis da Hilton, a Tapestry Collection fica atrás somente dos hotéis da coleção Curio. Atualmente, sete hotéis em destinos americanos (incluindo Nova York e Chicago) se preparam para a conversão e outros trinta e cinco negócios estão em andamento. A conclusão da primeira conversão está prevista para o segundo semestre desse ano.

 

 

(imagem divulgação)

Mulheres no comando

Um hotel pensado por mulheres e comandado por um time exclusivamente feminino: essa é a receita do Lady´s First, um hotel boutique em Zurique, na Suíça. Localizado no distrito residencial de Seefeld, ocupa um prédio restaurado em estilo Art Nouveau do século XIX que já foi uma escola para moças em outros tempos. O pé direito alto e o piso de parquet, por exemplo, ainda são os originais da época. Quando a propriedade virou hotel pela primeira vez, em 1994, queria manter parte dos princípios originais do prédio e só recebia hóspedes do sexo feminino.

Hoje, em nova safra, somente o spa e os andares mais altos do edifício são exclusivos para mulheres: nas áreas comuns e demais quartos do hotel os hóspedes do sexo masculino também são muitíssimo bem-vindos. Mas o staff que cuida do hotel é inteiramente composto de mulheres.  Os móveis de design contemporâneo dos quartos (são 28 no total) meio minimalistas contrastam super bem com a estética do edifício e vários dos quartos têm varandinhas com vista para o lago. O restaurante serve pratos italianos no lounge ou no jardim (nos dias mais quentes) e um belo terraço no rooftop, com vista panorâmica para Zurique. Acho que combina bem com essa nova cara cada vez mais contemporânea de Zurique.

 

 

(imagem divulgação)

Roteiro matador entre França e Itália e slippers by Manolo Blahnik

O hotel Four Seasons Milan é para mim, sem dúvidas, um dos melhores hotéis da Itália. E mesmo com qualidade reconhecida e premiada e quartos sempre ocupados, acho fascinante que eles nunca deixam de se reinventar. Este ano, acabaram de lançar um roteiro incrível que une outras duas propriedades do grupo – uma em Florença, outra em Cap-Ferrat, na França -, combinando com maestria o glamour da riviera francesa com a dolce vita italiana.

O pacote “En route to La Dolce Vita” (com tarifas completas desde 2700 euros) inclui ainda um carro vintage dos anos 60 – mas com todos os confortos da modernidade – para ser usado nos deslocamentos entre a França e a Itália (que pode ser, por exemplo, um 1961 Giulietta Spider, Mercedes-Benz 190 SL Cabrio ou um Porsche 356 Speedster). A viagem pode ser organizada tendo como ponto de partida qualquer uma das três propriedades e, claro, pode ter o itinerário customizado para que nenhum ponto de interesse ou experiência fique de fora (incluindo até picnic boxes elaboradas pelos chefs dos hotéis envolvidos).

(imagem divulgação)

Outra novidade bacanuda que eles lançaram esse ano foi desenvolver chinelinhos de quarto exclusivos em parceria com o célebre Manolo Blahnik, por ocasião da exposição Manolo Blahnik: A arte dos Sapatos, que está em cartaz em Milão (os hóspedes do hotel têm acesso privilegiado à mesma também).

 

 

Search Hotels

Destination
Check-in date
Check-out date
2 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 1 Pin It Share 1 2 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.