O começo da travessia

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Embarquei no Mistral – que, infelizmente, substituiu o Costa Romântica – estressada com a cabine, muuuito diferente da que eu tinha comprado e cheia de defeitinhos. A comida também decepcionou e assim como o entretenimento, absolutamente escasso já que o navio é muito pequeno, com pouco espaço comum. Aliás, como é pequeno, balança pra chuchu – ainda bem que eu adoro navegar. E tocam Con te partiro, do Andrea Bocelli, fulltime. Até agora, escalas no Rio, Salvador e Maceió. Falta Recife, antes das demoraaaaadas quase 96h de navegação ininterrupta que estão pela frente até chegar em Cabo Verde.

Vamos aguardar o que vem por aí…

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.