Panamá vale a visita (e como aproveitar uma conexão na Cidade do Panamá)

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 1 Pin It Share 0 1 Flares ×

 O Panamá acabou entrando no roteiro de muitos brasileiros como ponto de conexão para destinos no Caribe, México e EUA. Com conexões muitas vezes longas, muita gente começou a propagandear como o aeroporto da Cidade do Panamá tinha lojas interessantes para compras. Depois, algumas pessoas passaram – felizmente! – a descobrir que a capital panamenha ia muito além disso e começaram a sair do aeroporto durante as longas horas de espera para conhecer o Canal, o Casco Antiguo, o Panama Viejo e outras bandas da cidade.

 Com cada vez mais brasileiros por ali – não apenas turistas, mas também muitíssimos moradores – era mesmo natural que passássemos a expandir nossos horizontes por ali também. Muita gente passou a ficar na Cidade do Panamá por alguns dias e não apenas curtir roteiros de compras mas também avançar a Boca del Toro, Buenaventura e outros destinos de praia do país.

Estive por uma semana  no país agora no começo do abril e me dividi entre a capital e as praias de Buenaventura. Em Buenaventura fui conhecer o novíssimo JWMarriott Hotel Buenaventura e passei dias agradabilíssimos nesse resort beira-mar. A propriedade é muito grande, com áreas de piscina distintas e também área pé-na-areia e uma variedade louvável de restaurantes, incluindo até um sushi bar.  Bom serviço, quartos muito confortáveis com vista ao mar, gastronomia caprichada e um spa simplesmente maravilhoso – e fica a cerca de 2h do aeroporto da capital panamenha.

 Para explorar a cidade, o bom é visitar de tudo um pouco: o Panamá Viejo (onde surgiu a cidade, na colonização espanhola), o fofo Casco Antiguo, o  genial Canal do Panamá e também a parte moderna, cosmopolita, lotada de largas avenidas e shopping center imensos. Para quem tem apenas horas de conexão na cidade, aconselho muito usar os ótimos serviços do brasileiro Riolando Fajardo (do Conexão Panamá) para um day tour pela cidade. Ele faz excelentes tours customizados/personalizados para brasileiros; assim você consegue um passeio que tenha exatamente a sua cara, o seu jeito, e que “caiba” no seu tempo disponível por ali.

 Com ele, em apenas um dia, consegui passear pelas ruínas do Panamá Viejo, rodar a costa litorânea da cidade, ver o mirante da Puente de las Americas, dar um passeio pela área da Calzada do Armador, conhecer o fofo o Casco Antiguo (o centro histórico da cidade, cheio de casinhas coloniais e museus) e, é claro, o impressionante Canal do Panamá, cujo local conta também com um interessante museu (dá pra acertar os serviços com o Riolando através dos emails conexaopanama@yahoo.com ou riolando.fajardo@yahoo.com ou do telefone 507 65784858; um tour privativo de 8h para até duas pessoas vale desde US$100,00).

Passei dias lindos no país. Único senão por ali? O trânsito da Cidade do Panamá: para apenas 3 milhões de habitantes, tem uma quantidade impressionante de congestionamentos. Mas definitivamente vale a visita (e é para lá que eu volto esse final de semana para ver também o sobrinho mais lindo do mundo 😀 )

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 1 Pin It Share 0 1 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.