Pelos caminhos das vinícolas espanholas

52 Flares Twitter 11 Facebook 36 Google+ 5 Pin It Share 0 52 Flares ×

DSC_0404 Uma geral do que foi a viagem de Somontano a Rioja, na Espanha

 

 

 

Escrevo esta coluna de terras espanholas. Mais especificamente, diretamente de Tenerife, para onde minha irmã, que há anos vive na Espanha, se mudou recentemente. Mas antes de chegar aqui, vocês já sabem, passeei muito também por Madri e Zaragoza e fiz uma viagem linda por terras de vinhos espanhóis.

Vinhos espanhóis

Degustação com tapas na Finca Constancia

Degustação com tapas na Finca Constancia

... e nas bodegas Beronia

Da Finca Constancia (de vinhos como Finca Constancia, Altos de la Finca ou os refrescantes Fragantia), localizada nos arredores de Madri, já pros lados de Toledo (bom pra quem quer só curtir um pouco da vibe vinhos sem fugir muito da capital espanhola), às Bodegas Beronia (dos vinhos Beronia e III a.C, por exemplo), da tradicionalíssima região de Rioja, visitei vinícolas, cacei trufas, participei de belas degustações, refeições estreladas no Michelin e muito mais.  Viagem linda em pleno inverno europeu, com direito a dias de sol, de chuva e até de neve, tudo ao mesmo tempo – e os lindos pirineus nevados ao fundo dos vinhedos em vários lugares, uma lindeza.

Os pirineus nevados ao fundo

Os pirineus nevados ao fundo

 

A neve começa a cair sobre os vinhedos em Somontano

A neve começa a cair sobre os vinhedos em Somontano

Eis aí um roteiro bacanérrimo para quem curte vinho (seja para aprender, aprimorar conhecimentos ou, simplesmente, apreciar belas safras). Os tours pela região ainda são raros, mas com um carro (e um motorista abstêmio, é claro) é muito fácil e prazeiroso circular entre uma vinícola e outra, uma cidadezinha e outra, bons restaurantes e belíssima paisagem.

Vinícolas na EspanhaVinícolas na Espanha

Bebendo na fonte na Beronia :D

Bebendo na fonte na Beronia 😀

Para explorar Rioja usei como base Haro, uma cidade charmosa com boa infra hoteleira.  Mas minha parte predileta  da viagem enoturística foram os dias passados na região de Somontano, onde visitei as belas vinícolas de Viñas del Vero e dos ótimos vinhos Blecua (importados no Brasil pela Inovini) e participei de uma curiosíssima caça às trufas debaixo de chuva e neve (com o pessoal da Trufa Pasión), bem diferente daquela que fiz no verão italiano em 2012. O tema das trufas na Espanha é todo envolto em mistério e segredos, em geral, mas deu pra ter uma boa ideia de quão fartas são as trufas por ali e como os preços das mesmas (negras) podem variar facilmente entre 600 e 1.000 euros, uma loucura.

A encantadora Alquézar

A encantadora Alquézar

Vinícolas na Espanha

Os cânions de Alquézar

Os cânions de Alquézar

 

Atrás de trufas secreta...

Atrás de trufas secreta…

... e bem-sucedidamente ;)

… e bem-sucedidamente 😉

Sim, porque, além de produzir bons vinhos,  Somontano também guarda deliciosas trufas negras em  suas terras! E, claro, com tanta preciosidade reunida num mesmo território, não surpreende que a região tenha uma das maiores “concentrações” de restaurantes estrelados no Michelin da Espanha. Da fofa Huesca, em Aragón, provei deliciosos menus (de cozinha meio fusión, riqueza de sabores e fartura de trufas nos pratos impressionantes) dos ótimos Lillas Pastia e Las Torres.

Gastronomia caprichada do Las Torres

Gastronomia caprichada do Las Torres

Vinícolas na EspanhaVinícolas na EspanhaE me ENCANTEI pela fofura da cidade de Alquézar, um Pueblo medieval interessantíssimo, famoso, entre outras coisas, por sua Collegiata e os impressionantes cânions que atraem inúmeros turistas (sobretudo no verão) para a prática de esportes radicais. Linda, linda.

Mais detalhes de Somontano virão num próximo post.

52 Flares Twitter 11 Facebook 36 Google+ 5 Pin It Share 0 52 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.