Pepenero: a melhor refeição de toda a viagem

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×
O restaurante fica no subsolo de um edifício tombado; mas os móveis são cheeeios de bossa

 Não posso dizer que não comi bem na viagem. Aliás, acho que seria uma heresia sem fim um ser humano ousar dizer que não comeu bem na Itália, que dirá na Toscana! Nas duas semanas dessa última aventura toscana, comi muito, e comi muitíssimo bem – só dois restaurantes deixaram a desejar; todos os outros foram de bons a muito bons.

 Mas houve um restaurante que eu não poderia classificar pessoalmente como nada além de fenomenal: o almoço no fofo e badaladinho Pepenero foi simplesmente a melhor refeição de toda a viagem. O restaurante do chef-celebrity Gilberto Rossi – que é pura simpatia e sorrisos e fica literalmente na cozinha dando todas as coordenadas, btw – fica na igualmente fofa San Miniato, com um ambiente todo descoladinho e modernex.

O Rossi-pura-simpatia

 Quando a gente desce pela escadinha que sai de uma porta estreita nem imagina o ambiente hypadinho que se encontra lá embaixo, todo cheio de móveis de design e louças coloridas. São três ambientes pequenos na área interna, com cozinha à vista no meio deles, e mais um fofo terraço externo, perfeito para um almoço num dia quente e ensolarado como o dia em que estive lá.

O terraço gracinha

O serviço é excelente, principalmente para os padrões italianos: garçons jovens mas super simpáticos, rápidos e atentos, uma graça. E a comida… putz! Que almoço!!! Pra começar, os antipasti eram todos oriundos da Macelleria Falaschi, sobre a qual falei ontem aqui no blog pra vocês: fresquíssimos e saborosos. 

 E o primo piatto… o melhor de toda a minha viagem: um tagliatele al tartufo bianco simplesmente DI-VI-NO.

Tava tão bom, mas TÃO bom…
… que merece um CLOSE!

 O vinho também foi de responsa, com ótimo custoXbenefício:

O prato principal, seguindo a recomendação da casa, foi uma bela tagliata com ovo de codorna e, claro,  tartufo

 E um sorvetinho-creme de limão com frutas vermelhas para arrematar. SHOW.

 E pensar que, do lado de fora, a gente nem daria nada pelo local, não é?

A portinha discreta, ultra low-profile, do gigante Pepenero

Anota aí: fecha terças o dia todo e sábado no almoço. Mas não dá pra perder. GE-NI-AL.3>

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.