Puerto Aysén: pra começar a viagem

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

 Puerto Aysén foi nossa primeira parada da viagem – do aeroporto de Balmaceda fomos direto para lá. A região é carente em hospedagens mais elaboradas, mas há montes de cabanas por lá (ficamos numa das cabnas do Patagonia Green, bem simples, mas honesto).

 A boa de ficar por lá são as atrações bucólicas da redondezas, sobretudo trekkings e cavalgadas. Curtimos muito o rancho La Pancha, tocado por um casal jovem e seus três filhos pequenos, uma gracinha.

 Optamos pela cavalgada (oh, yes, I did it again 😀 ) mas eles também possuem área pra camping, passeios em barco e mais um monte de atividades.

 O típico de Puerto Aysén é assim, inspiração puramente gaucha.

 A cidadezinha é tranquila, minúscula, absolutamente pacata. Com uma interessantíssima igreja, olha só:

 E foi em Puerto Aysén que comemos o melhor prato de toda a viagem, no tradicionalíssimo restaurante Munich. O restaurante é ultra, ultra, ultra simples…

 … mas até o último dia não esquecíamos desse salmão assado maravilhoso!

 Puerto Aysén gracinha, viu?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.