Qual o melhor assento para voar?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Nunca entendi gente que entra no avião sem saber exatamente onde está sentado, que simplesmente aceita o assento que lhe oferecem no check in – talvez seja gente que acredita muito firmemente no destino, no que está escrito nas estrelas, sei lá. Mas sempre que alguém me pede dicas sobre como escolher um bom assento para enfrentar um voo longo, minha resposta padrão é “essa é uma escolha pessoal, mas eu escolho geralmente corredor, o mais na frente possível”. Para mim, corredor vale muito numa viagem longa, sobretudo porque não duro e quero ter liberdade para ir e vir quando quiser, sem incomodar o passageiro ao lado; mas conheço muita gnete que não abriria mão de sua janelinha por nada nesse mundo, certo?
Pois o Skyscanner recentemente fez uma pesquisa com seus leitores (pouco mais de mil passageiros de diferentes companhias aéreas) que indicou que, para a maioria, não existe num avião assento melhor para voar que o 6A. Sim. O 6A.
As 6 primeiras filas são as favoritas dos entrevistados, com 45% da preferência. E eu também me incluo nessa turma – pra mim, não existe assento melhor na classe econômica do que a primeirona fila, com aquele espaço extra para pernocas e para entrar e sair do seu lugar (tem especialista que defende que a maioria das pessoas quer assento na frente só para sair mais rápido da aeronave na chegada).
Há coisas esquisitas na pesquisa, como por exemplo, a existência de 1% dos entrevistados que realmente disseram preferir os assentos do meio sobre corredor e janela (como, my God????). Mas o assento mais rejeitado, pelo menos,  faz tooodo o sentido: o 31E, um assento de meio, láaaaaa no final do avião.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.