Rituaali

3 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 1 Pin It Share 2 3 Flares ×

Como é se hospedar no primeiro centro de Medicina do Estilo de Vida do Brasil

 

 

 

Se o fim de um ano é geralmente uma época de excessos e o começo do ano uma época de reflexão e mudanças, meu timing não poderia ter sido mais perfeito para responder, depois de meses e meses, a um convite para conhecer o Rituaali, o primeiro centro focado em Medicina do Estilo de Vida no Brasil.

Localizado na adorável Penedo, no Estado do Rio de Janeiro , em plena Serra da Mantiqueira, o Rituaali trouxe para um Brasil um conceito até então inédito por aqui para quem busca uma propriedade para cuidar do corpo e da mente. (Pra quem não sabe, Penedo é a única colônia finlandesa do Brasil e o nome “Rituaali” vem justamente da palavra “ritual” em finlandês).

Com o slogan “viver melhor para viver mais” e liderada pelo casal de médicos dr. Luíz Fernando Sella e dra. Daniela Kanno, a bela propriedade rodeada de Mata Atlântica vai muito além de um spa convencional: foi cuidadosamente planejada para auxiliar as pessoas a conquistarem o equilíbrio e bem-estar através de hábitos sadios.

Ao chegar lá, fui encaminhada para consultas com a equipe de enfermagem (absolutamente encantadora, com destaque absoluto para a adorável Emanuele), a nutricionista e o próprio dr. Sella. As consultas foram longas conversas em que meus hábitos e meu estilo de vida foram comentados, anotados e avaliados – afinal, com uma vida tão sem rotina como a minha, comendo cada hora num lugar diferente e um tipo de comida diferente, dormindo pouco e em fusos malucos, e deixando em boa parte do ano os exercícios físicos de lado, eu estava mesmo precisando por um pouco de ordem nas coisas.

Bem diferentemente dos spas tradicionais, que focam em emagrecer, a ideia principal do Rituaali é incentivar os hóspedes a aprenderem hábitos mais saudáveis durante a estadia e o levarem para o dia-a-dia ao longo do ano – tanto que a gente sai de lá com uma pastinha-dossiê listando posturas, hábitos, preferências de alimentação e de exercícios altamente personalizadas e factíveis que podem ser incorporadas ao nosso cotidiano.

Cada hóspede – mesmo em casais – recebe um programa diário totalmente independente e individualizado, do menu das refeições às demais atividades do dia, que podem ir de caminhadas e exercícios físicos nas salas de musculação e ginástica a massagens e banhos desintoxicantes. A propriedade também tem programas específicos de controle do estresse, anti-dor e para quem quer parar de fumar.  E também tem uma série de semanas temáticas ao longo do ano, com focos específicos – incluindo uma “Semana da Família”, ocasião em que crianças podem fazer parte dos programas do Rituaali.

Achei a alimentação extremamente cuidadosa, bastante orgânica, utilizando já alguns ingredientes cultivados ali mesmo. Importante dizer que é essencialmente vegana, sem nenhum tipo de alimento de origem animal. Como não sou muito de carnes e afins, não estranhei nem me senti mal; pelo contrário, achei a comida sempre muito gostosa (voltei cheia de receitas novas pra casa) e extremamente bem apresentada. Cereais refinados também não entram e não se bebe nada durante as refeições – nem água.

Tudo é servido individualmente à mesa. A gente já recebe um prato com a nossa porção certinha de tudo – e não apenas a quantidade mas também o menu pode mudar bem de um hóspede para o outro; Se emagrecer não for a sua, deixe bem claro logo na primeira consulta – vi gente que não queria emagrecer reclamando bastante que as porções eram diminutas.

De maneira geral, o café da manhã é variado e satisfatório, o almoço é muito bom (com entrada, prato e sobremesa) e o jantar é bastante frugal – na maioria das vezes, apenas uma sopa. Meu único senão é que no Rituaali não se serve café nem leite comuns – somente “café” de milho ou cevada e leite de castanhas ou amêndoas – então disso eu senti falta.

Entrei num programa detox e passei meu primeiro dia inteiro por ali à base de sucos: um suco como café da manhã, outro como almoço e uma sopa no jantar.  A partir do segundo dia, eu já tinha alimentação controlada pela nutricionista mas num menu normal (muitas pessoas optam por ficar dois dias no detox de sucos, depois fazer um dia só de alimentos crus para então, somente a partir do quarto dia, começar essa alimentação balanceada normal. Não era minha vibe 😀 ).

Mas a alimentação não é o único pilar dos programas deles: uma série de tratamentos, igualmente personalizados para cada hóspede, são oferecidos a cada dia, num programa que a gente recebe antes de dormir na véspera e contempla todas as nossas atividades, do despertar ao descanso (há TV nos quartos, mas o sinal de celular pega muito mal e a internet da propriedade é cortada pontualmente das 22 às 6h).

O dia começa sempre com uma caminhada pelos morros ou pelo centrinho de Penedo, seguida do percurso Kneipp (aquele caminho de água e pedras que combate dores, melhora a circulação e atua no sistema nervoso), mas as demais atividades podem incluir musculação, dança, massagens, banhos de imersão, contrastes térmicos e geoterapia (que utiliza cataplasmas de argila, de dolomita e carvão ativado, enriquecidos com óleos, sais e ervas, sobre articulações, pele e órgãos abdominais). As massagens, aliás, são excelentes (destaque para a aromacologia e a deep tissue).

Após o almoço, é comum ter uma demonstração de gastronomia, ensinando rapidinho o preparo de alguma das receitas da casa. Durante as noites, há um ciclo de palestras sobre alguns tópicos de saúde e bem-estar, de terapias e alimentação à imunologia. E aos sábados de manhã todos os hóspedes são levados para um passeio fora da propriedade – no meu caso, para conhecer algumas cachoeiras da região.

Se bem que mal dá vontade de sair da propriedade, viu? Linda, rodeada de vegetação nativa e com um belíssimo paisagismo extremamente bem cuidado, relaxar por ali mesmo é programão. Ler nos jardins, relaxar à beira das piscinas (há piscinas internas e externas) ou curtir o aconchego da própria acomodação (principalmente nos finais de tarde chuvosos) foram atividades que eu fiz com o maior prazer.

As acomodações se dividem em quatorze apartamentos e sete chalés, todos muito espaços e de alto padrão, fazendo uso de pedras naturais, madeira de demolição e outros materiais sustentáveis na decoração. Os chalés são mais caros mas são também bem mais espaçosos, geralmente contando com uma sala e banheira de hidromassagem também. Não há frigobar cheio nem room service.

Achei que os custos elevados da hospedagem acabam se justificando pela imensa equipe que atende o número reduzido de hóspedes. E acho que a seriedade com que desenvolvem o programa vale o investimento para quem busca adaptar seu cotidiano a hábitos mais saudáveis a longo prazo. Não emagreci um único grama durante minha estadia, mesmo com toda a prática de exercícios e alimentação restritiva e balanceada do período. Mas essa também não era minha prioridade ao decidir me hospedar por lá. Cumpri o propósito de relaxar, revigorar e saí de lá com dicas bem legais para tentar fazer meu dia-a-dia caótico pelo mundo mais saudável ao longo do ano. Foi um belíssimo começo de ano pra mim.

 

 

Em tempo: fora da Semana da Família, o Rituaali não aceita crianças. E também não é possível se hospedar ali por apenas um final de semana; o programa mais tradicional tem duração de uma semana e o programa mínimo é de 4 noites/5 dias. 

Em tempo 2: levem repelente.

3 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 1 Pin It Share 2 3 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.