Swakopmund: a herança alemã em terras namibianas

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

 Reza a lenda que a Namíbia – que, btw, até poucas décadas atrás era parte da África do Sul – foi primeiramente “descoberta” pelos portugueses e depois dominada por ingleses e alemães

 A mais óbvia herança alemã no país é, sem dúvidas, a cidadezinha de Swakopmund: suas ruas, lojas, parques, praças, moradores, todos têm nomes claramente alemães. Sem contar que as placas, fachadas e nomes de lojas também mantém essa tendência.

 A bem da verdade, Swakopmund entrou mesmo para o mapa mundi de muita gente quando Angelina Jolie e Brad Pitt se mudaram de mala e cuia pra lá com seus muitos filhos e ali ficaram até que Angelina desse à luz à primeira filha biológica do casal no hospital local – os guias fazem questão de mostrar onde fica a casa deles, num mega condomínio à la Miami, durante qualquer passeio.

 Com arquitetura Art Noveau e grande parte das construções originárias do século XIX, suas principais atrações são a Igreja Luterana e o belo prédio da antiga estação de trens (hoje recepção do Swakopmund Hotel).

 Seu fofo museu tem um acervo impressionante da história da cidade: a formação da flora e da fauna (com direito a animais empalhados e tudo), o mobiliário e as cerâmicas locais ao longo dos séculos e, principalmente, as heranças étnicas em seu povo – com destaque especial para os Khoikhoi, um dos primeiros povos a habitar a região.

 E a Kristall Gallery é um museu subterrâneo bem bacana (embora pequenininho) de cristais, que guarda também o maior cristal do mundo, com mais de 14 toneladas.

O centrinho gira em torno da Brauhaus Gallery, uma área para pedestres, de clima super alemão, tomada por lojinhas mil e cafés que servem kuchen e strudel 😉

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.