Um lugar chamado Palermo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Não adianta: apesar de tudo o que tentaram “desvirtuar” o bairro e de todo o excesso de comercialização da área nos últimos anos, Palermo (Soho, Viejo ou Hollywood) continua sendo um dos melhores lugares para passear na capital portenha.

Bons restaurantes, ótimas lojas de decoração (não perca a La Hacienda) e uma animada feirinha nos finais de semana fazem do bairro artístico de Buenos Aires um dos passeios prediletos dos turistas cansados da Florida. É certo que muita gente vai pra lá atrás dos outlets da avenida Córdoba, mas perder-se pelas ruas coloridas de Palermo é passeio perfeito para uma tarde todinha.

Evite as manhãs de sábado, que são muito cheias de turistas. Prefira pela parte da tarde, quando muitos portenhos saem para beber, comer e passear pelo bairro – e a feirinha também só começa depois das duas. Os restaurantes no entorno da Plaza Cortázar Serrano (o epicentro do bairro) não são os melhores, voltados mais mesmo para turistas; os melhores de Palermo Viejo estão nas ruas perpendiculares à praça, como o Clunny (El Salvador 1658), La Cabrera (Cabrera, 5099), Casa Cruz (Uriarte, 1658) e Bar Uriarte (Uriarte 1572). Excelentes pedidas para dia e noite. Para um lanche rápido durante o passeio, experimente as deliciosas empanadas do Romário ( Gorriti c/ Armenia). A de aipo e gorgonzola é a mais pedida.
Durante o dia, perca-se sem a menor pressa pelas transversais e caminhe, caminhe, caminhe. À noite, vá checar o burburinho que sempre toma conta dos arredores da Cortázar e da Palermo.
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.