Viajar sozinho custa caro

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Viajar sozinho é uma experiência totalmente diferente de viajar acompanhado, em todos os sentidos. Por um lado, é possível mergulhar muito mais nos lugares ao sair pelo mundo desacompanhado, impulsionado até mesmo pelo simples desconforto da solidão, sem horários, sem pretextos; por outro, não há com quem dividir os melhores e piores momentos da empreitada e não é todo mundo que consegue dar risada sozinho, além de haver sempre a desagradável tarefa de fazer suas refeições sem ninguém. É certo que viajar sozinho tem muitas vantagens, já que é cada vez mais difícil encontrar alguém que goste de viajar do mesmo jeito que nós, no mesmo ritmo, com as mesmas prioridades. Um gosta de compras, o outro prefere museus; um gosta de caminhar, o outro prefere pegar um metrô ou táxi sempre que possível; um quer hotéis de design, o outro quer o mais barato; um quer refeição e o outro fast food… Tanto que há cada vez mais gente viajando sozinha no mundo. Mas há um fator inquestionável: viajar sozinho sai caro. Num albergue, se você topar um quarto coletivo, no problem. Mas num hotel, dificilmente há diferença significativa de preço para quarto single e double. Há hotéis que simplesmente não fazem distinção nenhuma: fundamento justificado pela ocupação física do quarto, independente do número de hóspedes. Na hora das refeições, mesma coisa: o custo da refeição é todinho seu, independentemente do quanto sobrou no prato. No táxi, arcar com a corrida todinha. Nas atrações e passeios, o desconto geralmente é para duas ou mais pessoas entrando juntas. Nos trens também. Na ponta do lápis, nada como encontrar seu parceiro de desbravamento dos horizontes para tornar as viagens sempre possíveis e freqüentes.

Travel alone is expensive

Travelling alone is a pretty different experience than travelling with someone. On the other hand, it is possible to dive even more in the places when you take a trip on your own, stimulated even though for the loneliness, without schedules, excuses; but alone you do not have someone to share the best ones and the worst moments not to mentioned the unpleasant task of take your meals without anyone. It is certain that to travel alone has many advantages, since it is very difficult to find somebody that likes the same things than you, the same rhythm, the same priorities. One likes purchases, the other prefers museums; one likes to walk, the other prefers to catch a subway or taxi; one wants design hotels, the other wants the cheapest one; one wants good meals and the other fast food… That is probably why there are even more people travelling alone in the world. But there is one unquestioned factor: travelling alone is expensive. If you take a collective room, no problem. But in a hotel, there is hardly a significant difference of price for a single or double room. There are hotels that simply do not make any distinction: justified by the physical occupation of the room, independent of the number of guests. Taking meals, same thing: the cost of the meal is all yours, independently of how much you ate. In the taxi cab, you pay the ride alone. In the attractions, the discounting generally is for two or more people entering together. Same thing in trains. Economically speaking, there is no better way to travel than find a trip partner for travelling all the time.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.