Villa O´Higgins: o fim da Carretera Austral

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

 Chegar à Villa O´Higgins é absolutamente mítico para quem atravessa a Carretera Austral; afinal, é nesse ponto que a mais famosa estrada chilena termina, encontrando o campo de gelo sul. Chegar ali dá trabalho: não bastasse percorrer os muitos quilômetros sinuosos da carretera, ainda e necessário tomar um ferry para poder continuar na estrada até alcançar a cidade.

 O grande atrativo da minúscula Villa O´Higgins é tomar o barco que sai dali e chega ao Glaciar de mesmo nome, num passeio de dia inteiro. Mas pegamos um tempo tão feio, mas tão feio, de chuva e vento sem parar, que o barco simplesmente não foi autorizado a sair. Tristeza geral, geral, geral.

 Até porque, tirando isso, bem honestamente, Villa O´Higgins não tem mais nada. A cidade é minúscula, praticamente sem nada pra fazer. Há roteiros de trekking e outros mini passeios em barco, mas bem menos atraentes que em outros pontos de Aysén. Sem falar que acabamos ficando hospedados numa cabana muito ruim, sem calefação, e passamos o maior frio na noite que antecedeu o passeio.

 O ponto alto do passeio foi o café da manhã genuinamente patagônico que tomamos com uma família que se instalou por ali há 20 anos, quando não havia nem energia elétrica na região.

 Olha aí o barco no qual deveríamos ter passado um dia todo à beira das geleiras.

Quer saber minha opinião genuinamente honesta? Dizem que tá rolando um baita de um improve em Villa O´Higgins, com muito investimento e até um big hotel que finalmente se instalará por lá. Mas, se eu fosse você, nem chegaria  necessariamente até ali – são muitas horas de estrada e travessia em ferry para chegar a um lugar tão limitado, só por ser o marco final da carretera. E, afinal, na fofinha Tortel (que fica umas boas horitas antes) você também curte o frio, as montanhas, o trekking, a pesca, os passeios às geleiras… e com mais infra 😉

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.