Voando de Pluna

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

 Lindão o novo airport de Montevidéu, não?

Eu só tinha voado de Pluna uma única vez na vida, em idos de 2006, quando ainda era uma grande commpanhia uruguaia. A falência da Varig já era bem mais que simples boataria e resolvemos queimar milhas Smiles indo de executiva pra uns dias em Montevidéu e Punta – e foi tudo muito bom, sim senhor, do começo ao fim, sem queixas.

Pois agora voei mais uma vez de Pluna, e de novo com milhas do meu banco. Mas nos novos moldes da companhia, que tem oito aviões em sua frota, modelo Bombardier novinhos. Quando contei no twitter que tava embarcando de Pluna, muita gente pediu pra contar se tava bom, se o avião era ruim, se era verdade que pagava pra despachar bagagem. Então vamos por partes:

– os aviões são ótimos, novinhos em folha. O modelo, parecido com os Embraer 190 da Azul, como é pequeno, claro que é mais suscetível a turbulências e tal.  Mas não posso reclamar – tive dois excelentes voos, na ida e na volta, praticamente pontuais (só o da volta decolou com 15 min de atraso, dentro da normalidade, vá). São 4 assentos por fileira, 2 de cada lado, em bancos de couro, espaço ok. Só achei ótimo que o espaço para bagagem de mão é bem reduzido, então não deu nem chance pros loucos que juram que uma mala de 65cm é bagagem de mão :-))))

– os comissários foram bem gentis na ida e na volta. Mas todo o serviço de bordo da Pluna agora é pago, de água a refeições. 2 dólares água e café, 3 refri, 6 vinho e cerveja, 7 a 8 sanduíches e assim por diante. Com duas horas e meia de voo, dá pra bem pra segurar sem serviço, claro; mas acho que água deveria ser free pra todo mundo, sempre. E um cafezinho também não seria má ideia 😉

– a Pluna cobra mesmo pra despachar bagagem. MAS estamos bem na fita: graças aos excelentes acordos de bagagem que ainda temos no mundo inteiro, voos começados e terminados no Brasil e o trecho MVD-GRU são os únicos isentos do pagamento para um volume de até 20kg, o que tá ótEmo. (nos demais casos, são 25USD por volume de até 20kg pagos na hora ou 15USD no caso do webcheckin, pagamento online)

– se compensa? Dados os precinhos camaradas que a companhia tem feito para esse trecho e as reduções de pontos necessários para emitir voos com milhas que alguns bancos estão fazendo nos voos da Pluna, acho que vale, sim. Como eu sempre digo: se o valor é reduzido, a gente abre mão de ser mimado, né? 😉

Em tempo: o aeroporto de Montevidéu, inaugurado no último reveillon, tá lindo de morrer, viu? Absolutamente funcional, limpo, fácil de se locomover. Só a imigração na chegada que foi maxi demorada (40 minutos de fila) porque tinha um big avião da American chegando na mesma hora.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.