Whisky Trail: o tour (grátis!) da Glenfiddich

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

 A Whisky Trail merece depois um post separadinho, só dela. Trata-se da rota escocesa que leva às principais destilarias de whisky (ou uísque, como preferir) do país, atravessando as Highlands. O passeio em si já é bonito, como qualquer roadtrip pela região; mas a A95 acabou mesmo ficando conhecida nos últimos anos pela big concentração de destilarias nos arredores da estrada.

 A Glenfiddich é uma delas. Na verdade, uma das mais importantes – é a que mais recebeu prêmios nos últimos anos – e fica na A941, uma estrada secundária na região de Dufftown. Os brasileiros vão gostar dela de cara por um simples motivo: seu tour é inteiramente grátis :-))))

 Além disso, a estrutura é mesmo bacaninha, os guias super educados e o tour é bom, uma hora todinha (incluindo degustação no final), explicando passo a passo de todo o processo de produção e armazenamento. Os tour acontecem de hora em hora (de 30 em 30 minutos na alta temporada) e é só chegar, dizer que quer participar e aguardar o começo do tour seguinte, zero burocracia.

 O começo do tour (chamado de Classic) tem um filminho de cinco minutos numa sala de conferência com fones de ouvido para versões em várias outras línguas (incluindo português). Depois vamos andando pelas instalações da destilaria  e acompanhando o processo. E explicam desde o básico – que um uísque não pode ser chamado “uísque” antes de 3 anos, por exemplo – até detalhes mais específicos (e respondem todas as perguntas, na maior calma, o que eu achei bem bom).

Primeira vez que eu vi: tem obras de arte espalhadas por todos os cantos da destilaria

 Apesar de toda a automação e dos sistemas inteligentes de destilar e evaporar que nos são apresentados, interessante ver como ainda tem muita coisa feita manualmente – inclusive os barris de armazenamento, que são todos hand-made ali mesmo, no local.

Tá vendo só o uísque borbulhando? 🙂
Close na espuma

Ao final de 50 minutos de tour, os dez minutinhos finais são para provar, também grátis, 3 uísques distintos produzidos pela casa, de 12, 15  e  18 anos. Eu, como dessa água não bebo, passei meus três copinhos adiantes (depois de conferir aromas etc) para uma feliz família alemã que estava junto no tour e os consumiu rapidinho 🙂

A degustação é feita assim, super informalmente, como num bar mesmo

 Alem da loja – beeeem grande! – a Glenfiddich tem também um café e bar muito gostoso que serve não só trocentos tipos diferentes de uísque como também cafés, bolos e vários pratos na hora do almoço. Acabei gostando tanto da simpatia do ambiente (e dos bons preços e, mais ainda, do free wifi de óoootima qualidade :D) que fiquei para almoçar antes de continuar ganhando estrada e provei um excelente salmão.

O whisky bar da Glenfiddich…
… e o belo salmão defumado com risoto que comi no seu café (9 libras)

Em tempo: quem é muito fã da bebida talvez goste mais do Explorers´Tour que, por 10 libras, tem meia hora a mais de duração, visita também o armazem Solera e prova um tipo a mais da bebida. Ou, os mais entusiastas talvez se identifiquem com o Pioneers´Tour que, além de durar 2h30 e ter uma série de “exclusividades”, ainda presenteia cada participante com uma garrafa personalizada de 200ml de uísque (que a pessoa escolhe e personaliza na hora) – mas custa 75 libras.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.