Os dois portos mais lindos do (meu) mundo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

 Ontem eu publiquei no Saia pelo Mundo um postzinho para entrar na brincadeira proposta pela Viagem e Turismo no twitter: citar os cinco lugares que mais me impressionaram pela beleza no mundo. Tarefa duríssima, com tanto lugar lindo de morrer no mundo, mas que eu citei como os cinco primeiros lugares que me vieram à cabeça nesse quesito beleza estonteante. No próprio twitter, um monte de gente mezzo que se “revoltou” com o fato de eu não incluir o Rio de Janeiro nesse meu top five. Bom, todo mundo sabe que eu adoro o Rio e acho a cidade veramente maravilhosa mas… o que seria do vermelho se todo mundo só quisesse o azul, né? 😉

 E, até porque, o Rio de Janeiro entre como campeão em dois rankings meus: de vista mais linda do mundo (a que temos da baía, do alto do Cristo, é difícil de superar, né, não?) e de porto mais lindo do mundo. Nessa última, ele divide a liderança num páreo duríiiiiiissimo: a Cidade do Cabo. Então deixo registrado aqui, na mesma “vibe” dos rankings, que são esses os dois portos mais lindos que já vi. Chegar e/ou sair de navio dessas duas cidades é daquelas coisas que eu acho que todo mundo deveria fazer ao menos uma vez na vida. Porque nunca mais sai da nossa retina, viu?

Sério mesmo.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.