Paris Weekly

38 Flares Twitter 4 Facebook 30 Google+ 4 Pin It Share 0 38 Flares ×
Paris

Paris em plena Fête de la Musique

O que rolou de mais legal nesta semana em Paris

 

 

 

Com a vida enfim entrando nos eixos aqui na nova base em Paris, minha ideia é semanalmente trazer aqui ao blog um boletinzinho com as coisas mais legais que vi, fiz ou descobri aqui na cidade e que pode virar experiência de viagem bacana para quem vem pra cá nas próximas férias (as experiências mais legais, é claro, depois vão ganhar post separado).

Paris

Nestes primeiros dias parisienses, zanzei muito pela cidade para revisitar meus lugares preferidos na cidade, da Place des Vosges aos jardins do Palais Royal, do Louvre ao Canal St Martin (onde, por sinal, participei pela primeira vez de uma atividade deliciosa, o Voix Sur Berges, um festival de corais de todo tipo que rolou no último domingo às margens do canal – mas que acontece só uma vez por ano, infelizmente).

O que mais eu aprontei:

Paris Tour Montparnasse

Novo terraço da Montparnasse Tour

Eu já tinha subido na Montparnasse Tour em viagens anteriores – e, honestamente, acho um dos mirantes mais incríveis da cidade para quem quer ver Paris do alto. De lá, vemos sem obstáculos todos os grandes ícones parisienses, como a Torre Eiffel, o Arco do Triunfo, La Défense, Sacre-Coeur, Louvre, Pompidou, jardim de Luxemburgo, Grand Palais… uma lindeza. Depois de uns dias feinhos por aqui, aproveitei uma tarde bonita e subi novamente. E quanta diferença! Agora tem uns totens interativos no andar principal da atração e o terraço foi todo reformado, ficando bem mais bonito e com uns “vãos” nos vidros de proteção perfeitos para fotografar a vista panorâmica de 360 graus (quando fui, infelizmente 1/3 do terraço estava fechado para um evento). Informações sobre preços e horários aqui.

Cocktail Class Four Seasons Paris George V

Cocktail Class do George V

Já contei aqui que o Four Seasons Paris George V, meu hotel queridinho aqui na cidade, oferece um monte de atividades bem bacanas gratuitamente para quem se hospeda lá ou utiliza seu restaurante e bar. De city tour fazendo jogging quando a cidade amanhece a workshops com o super dooper Jeff Leatham e degustações de vinhos especiais em sua cava, tem de tudo. E semana passada eu fui até lá para participar de uma das atividades mais novas deste portfólio: a cocktail class. Trata-se de uma aula com Grégory Hazac, o barman estrela do bar do hotel (chamado em Paris de “the artisan barman”) para aprender a preparar alguns dos maiores sucessos da casa. Greg, que já criou drinks especialmente para muitos hóspedes e celebridades (o EVA, que criou para Eva Longoria, é um sucesso no bar até hoje), ensina grupos de no máximo 15 pessoas a prepararem as receitas selecionadas mensalmente por ele.

cocktail class George V Paris

Aula super gostosa, descontraída, com cada participante ficando numa bancadinha toda equipada durante a aula – e, claro, depois todo mundo degusta as delícias que preparou (na minha aula, aprendemos a fazer um negroni e um cosmo (ambos com ingredientes pouco convencionais, como xarope de Edelflower ao invés de Cointreau) e o drink não alcoolico que é atualmente o mais pedido do bar, o ultra refrescante Go Green.  As aulas acontecem uma vez por mês e para participar basta ser hóspede do hotel ou cliente do bar ou do restaurante –  é gratuito, mas é obrigatório inscrever-se antecipadamente. Programaço.

Wellness Café Paris La Reserve

Wellness Café do La Réserve

Em janeiro último, eu contei pra vocês da abertura de um dos mais incríveis hotéis que Paris já recebeu: o super La Réserve Paris, instalado numa antiga mansão ao lado do comecinho da Champs Elysees. Super low profile, discreto, mais como uma mansão mesmo que um hotelão, conta com poucos quartos e serviço super personalizado. Para quem não se hospeda lá, abriu ao público seu restaurante, seu bar e seu belíssimo spa. No último final de semana troquei o brunch de sábado por uma das novas estrelas do cardápio do hotel: o Wellness Breakfast. O menu super saudável de café da manhã, disponível até tarde todos os dias, vale mesmo por um almoço, com os pratos (que vão de cereal homemade a french toast integral e montes de delícias bio) sendo trazidos à mesa passo-a-passo, como num almoço mais formal. Ambiente lindo, comida deliciosa e um chá de gengibre (porque a opção saudável não inclui café!) sensacional. Mas confesso que fiquei mesmo morrendo de vontade de voltar para almoçar num outro dia. Mais informações e reservas aqui.

estudar francês em Paris France Langue

Volta às aulas!

Uma das grandes razões desta temporada parisiense é ficar craque no francês. Por isso, economizei uns (bons) euros, larguei a preguiça e me matriculei numa escola bem avaliada aqui da cidade, na qual alguns amigos já estudaram também (e gostaram bastante) em anos anteriores: a France Langue. O pessoal tem pedido posts sobre as aulas nas redes sociais, mas vou fazer isso mais pra frente; afinal, ainda tô na primeira semana de aulas por lá! Por enquanto, tô gostando bastante e achando bem bom o custoXbenefício da coisa: salas bem pequenas (na minha, o máximo é de 9 alunos mas somos apenas 5, uma maravilha), boa infra, bons professores. E todo mundo é tão caxias que nem os alunos aceitam falar inglês lá! Conforme o curso for se desenrolando, daí vou contando mais detalhes com propriedade. Mas já dá pra ir vendo detalhes de preços, cursos, datas e locais aqui.

(foto do site do Lido, já que a gente não pode fotografar o espetáculo)

(foto do site do Lido, já que a gente não pode fotografar o espetáculo)

Jantar+show no Lido

Nas minhas muitas vindas a Paris em todos esses anos de relacionamento amoroso com a cidade 😀 já espiei espetáculos clássicos da cidade, como o Moulin Rouge, e outros mais modernosos, como o Paradis Latin. Mas ainda não tinha assistido ao do Lido, que é o preferido dos brasileiros que visitam a cidade (sobretudo pela primeira vez). Aproveitei a companhia de um amigo jornalista em pauta conjunta pela cidade e me mandei para conferir ao vivo o espetáculo agora à noite.

Lido Paris

Apesar de não ser um entretenimento barato, a exemplo dos (muitos) brasileiros que fazem questão de ir a um show de tango na primeira visita a Buenos Aires, também há (muitos) brasileiros que fazem questão de assistir a um show cabaret (ou show de cancan, se você preferir) na primeira visita à cidade luz. Fizemos a opção Soirée Champs Elysées, que inclui também o jantar de 3 passos antes do início do show (há opções mais bacanudas de jantar e há opções mais econômicas, como show com almoço, show vespertino e a opção de só assistir ao show com uma taça de champagne).

O jantar foi bem bom, boa organização para entrada, acomodação e saída dos clientes e o show é bastante cênico, bem mais focado em entretenimento (e menos na coisa cabaret) que seus concorrentes: de mímico a malabarista, de engolidora de espadas a gansos (oi??) e muita água no palco, de efeitos de luz e sombra a cantora de vibe Eurythmics, teve de tudo. Menos purpurina e menos peitos de fora (tanto que tinha até crianças assistindo, inclusive um garotinho bem na nossa frente), mais balé e dança de verdade. Curti.  Informações de preços, reservas etc aqui.

Liquidação em Paris Soldes Paris

Começo das liquidações

Começaram no último dia 24 de junho, São João, as célebres liquidações francesas: os soldes. Até o dia 4 de agosto, lojas de todo tipo na cidade, de fast fashion a eletrônicos, prometem altos descontos em produtos antigos e peças da coleção passada. Na maioria dos casos, os descontos são reais, para se livrar de estoque mesmo – inclusive de eletrodomésticos. Por enquanto, a maioria das lojas anuncia descontos de até 50 ou 60%. Mas, assim como acontece com as rebajas espanholas, quanto mais avançamos nas liquidações, menos opções disponíveis mas preços mais baratos – e lojas um pouco menos cheias também, talvez (nestes dias, tem sido impossível tentar entrar em algumas delas; outro dia tinha FILA até para entrar na Louis Vuitton da Champs Elysées). Ou seja: os melhores preços devem vir ainda mais pra frente, pro final de julho (por enquanto, estou resistindo aqui firme e forte esperando pelos preços mais baixos #oremos).

transfer aeroporto Paris Paris limousine services

Transfer aeroporto-Paris

E last but not least: utilizei pela primeira vez os serviços de transfer da Paris Airport Limousines para o trajeto do aeroporto ao centro de Paris.  Gostei muito: motorista super atencioso, pontual e correto, carro excelente, trajeto com revistas e água etc. Foi o serviço de transfer mais legal e profissa que eu já usei aqui na cidade. Informações e cotações aqui.

38 Flares Twitter 4 Facebook 30 Google+ 4 Pin It Share 0 38 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.