Saqqara e Memphis: ótima opção de bate-e-volta do Cairo

2 Flares Twitter 1 Facebook 1 Google+ 0 Pin It Share 0 2 Flares ×

 Fiquei tão positivamente impressionada com o Cairo e envolvida com a cidade durante meus dias por ali que tinha abortado, em princípio, a ideia de comprar passeios opcionais para outras localidades a partir dali (eu tinha Gizé incluída no meu tour da AbercrombieKent, é claro).
Mas acabei resolvendo, no último dia na cidade, investir 300 obamas num tour privativo, já que queria fazer a “Cairo Islâmica” com alguém me explicando tintim por tintim sobre as mesquitas e lugares que eu visitava (e também me acompanhando no furdúncio do mercado) e resolvi incluir Saqqara e Memphis também, já que a maioria dos meus companheiros de cruzeiro tinha ido até lá e gostado muito. E foi mesmo bem legal.

Saqqara e Memphis são duas cidades mezzo vizinhas que ficam, assim como Gizé, na chamada Grande Cairo, nos arredores da cidade. Chegar até a primeira delas, se o trânsito estiver bom, leva cerca de uma hora, tanto que a maioria das operadoras locais vendem passeios de meio dia para lá, com duração total de 4h.

Em Memphis, minha primeira parada, que já foi capital do Egito baixo e do Antigo Reino do Egito lá por 2200 antes de Cristo, fica o gigante Colosso de Ramsés II, mantido deitado dentro de uma estrutura coberta para limitar danos.  Ao redor, ficam elementos das ruínas da cidade dispostos como museu ao ar livre (e são Patrimônio Mundial da Unesco também). 

 Saqqara foi a antiga necrópole egípcia e ali se encontra também a mais antiga pirâmide do mundo ainda preservada. Construída na época de Djoser (2667 antes de Cristo), essa pirâmide (também rodeada por outras menores) é o mais antigo complexo construído em pedra da história. Saqqara acabou ofuscada após a construção das necrópoles em Gizé e no Vale dos Reis mas foi um lugar importantíssimo para funerais e outras cerimônias por mais de 3 mil anos.  O local é pequeno e a gente não demora mais que uma hora para percorrer tudo; mas ainda assim vale muito a visita, sobretudo para ver de perto como essa pirâmide (escalonada) difere na forma das pirâmides de Gizé, por exemplo. 

Bate-e-volta legal mesmo para quem tem pouco tempo na cidade. 
2 Flares Twitter 1 Facebook 1 Google+ 0 Pin It Share 0 2 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.