Ushuaia

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Voltei ao fim do mundo por uma semana, mais uma vez, e testei novos passeios e restaurantes

 

 

 

Sou encantada por Ushuaia e não escondo de ninguém. Todas as vezes que visitei o destino fiquei embasbacada com a beleza rude, remota e encantadora desta cidade e seus arredores na longínqua Terra do Fogo (tão, tão na pontinha sul do continente americano que sempre foi conhecida romanticamente como “fim do mundo”).  Além das vezes que fui até lá para ficar na cidade mesmo, foi também de Ushuaia que partiram duas das minhas viagens preferidas de navio: o adorável Australis até Punta Arenas e a inesquecível viagem à Antártica há quase cinco anos.

Entre as diversas viagens para lá, fiz quase todos os passeios oferecidos durante a chamada “temporada de verão”, que vai de outubro a março – na temporada de inverno, o maior programa por lá é mesmo esquiar e fazer atividades de neve, de snowshoeing a passeios em trenó. Agora, a convite da operadora Tierra Turismo e do incrível hotel Arakur, voltei ao fim do mundo para testar dois passeios novinhos em folha – e que se revelaram os passeios mais bonitos e completos que já fiz por aquelas bandas.

Sobre o Arakur (um hotel boutique que tem a melhor vista da cidade e é parte da The Leading Hotels of the World) eu já tinha contado aqui na última viagem para lá, em 2015; e continuo achando que é o melhor hotel da cidade. Apesar de afastado do centro, tem vista surreal dos quartos para Ushuaia, a baía e até o Chile (do outro lado do canal), serviço caprichado e ainda conta com shuttles que levam e trazem gratuitamente os hóspedes até e desde o centro o dia todo, de manhã cedo até 23h.

Eu já tinha feito dois passeios com a Tierra Turismo em viagens anteriores (como dá para ler neste post sobre passeios em Ushuaia aqui). Desta vez, experimentei os dois novos tours que eles acabam de lançar; dois passeios de dia inteiro que fogem do óbvio e mostram mais da Tierra del Fuego que simplesmente a cidade e o Parque Nacional.

Procurando hotel em Ushuaia?

Pesca de Centolla

Com duração de 8h aproximadamente, tem nível de dificuldade fácil, sendo um passeio possível para turistas de qualquer faixa etária e condicionamento físico. A gente para em alguns mirantes do caminho ao longo do Canal Beagle (com direito a uma água ou cafezinho na parada), faz um delicioso trekking de cerca de 2h (total ida e volta) por entre prado, bosques e represas de castores até a belíssima cachoeira Larshifasaj (com direito a outro cafezinho e biscoitos ali mesmo) e depois segue de carro até o bucólico Puerto Almanza.

Ali mesmo a gente participa rapidinho da pesca da centolla – o caranguejo gigante típico da região –  num barco de pescadores e depois tem um saborosíssimo almoço (à base de centolla, claro!) no restaurante da família de pescadores, ali mesmo. O passeio acontece às segundas, quartas e sextas de outubro a março. Custa US$195 por pessoa, almoço com bebidas incluído.

Cabo San Pablo + Rolito

Foi o passeio mais lindo de todos os que já fiz em todas as viagens a Ushuaia. Mas vale saber: é também o mais longo, e pode durar até 12h, incluindo BASTANTE tempo de estrada para ir e voltar. Ao longo da viagem até o belíssimo Cabo San Pablo, a gente atravessa a Cordilheira e vai vendo distintos tipos de paisagens até chegar à estepe, incluindo a zona de transição do ecotono. No dia do meu passeio, agora em outubro, pegamos chuva, neve, vento e depois um sol maravilhoso com céu azul, tudo em sequência. Há uma pequena parada para café em Tolhuin e a viagem continua até chegarmos à região do exuberante Cabo San Pablo, com seu penhasco debruçado sobre o oceano Atlântico. O 4×4 é estacionado aos pés da montanha e há uma pequena trilha (fácil) para chegar até o farol (que resistiu bravamente ao tempo e ao vento, ainda que tombado como uma pequena torre de Pisa) no topo.

Depois, descemos até a praia para ver de pertinho as impressionantes ruínas do navio Desdemona, encalhado por lá há mais de 40 anos, no meio do nada. Com essa paisagem arrebatadora e especialíssima, sem qualquer outro turista à vista em nenhuma parte, a gente tem um almoço tipo box lunch (sanduíche, fruta, barrinha de cereais e uma bebida) ali mesmo. Caminhamos de volta ao carro e com ele seguimos à estância Rolito, uma adorável propriedade 100% fueguina na qual somos recebidos para um chá com biscoitos (e ótima prosa!) pelo encantador casal de proprietários. Passeio lindo e super off the beaten para quem quer conhecer de verdade a Terra do Fogo.  Sai às terças, quintas e sábados, de outubro a março. Preço: US$200 por pessoa.

 

O post com todos os passeios em Ushuaia você encontra aqui.

 

Para comer bem em Ushuaia

Algo de muito importante que fiz nesta viagem foi descobrir, enfim, dois lugares realmente excepcionais para comer – que é algo que ainda tinha ficado me faltando nas viagens anteriores. Não que se coma mal por lá; há inúmeras opções de restaurantes no centro, com todo tipo de cozinha, e o próprio restaurante do Arakur é bastante gostoso. Aliás, para quem não se hospeda no hotel recomendo muito ir jantar uma noite lá pela vista fenomenal que se tem através de suas paredes envidraçadas – mas recomendo optar pelo sistema à la carte e não buffet.

Mas o fato é que, levada a eles também por recomendação da Tierra Turismo, nesta viagem comi em dois lugares realmente memoráveis, que recomendo de olhos fechados daqui por diante: o ótimo e ultra local restaurante Kalma Restó (que valoriza 100% ingredientes fueguinos), do chef Jorge Monopoli; e a deliciosa experiência do Rincón Gourmet, jantando em petit comitê na própria casa do chef Ariel Ruiz Diaz (que cozinha ali mesmo, sob encomenda, para grupos de 2 a 10 pessoas).

 

Dá pra ler mais sobre minha experiência nestes dois ótimos restaurantes aqui no Ushuaia para comer que fiz para o Sala Vip do Viagem Estadão.

 

 

Clique aqui para ler mais sobre Ushuaia.

Clique aqui para ler sobre outros destinos na Patagonia.

Clique aqui para ler sobre outros destinos na Argentina.

Clique aqui para ler mais sobre o hotel Arakur.

 

Clique aqui para procurar hotéis em Ushuaia.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.