Washington e Capital Region

2 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 2 Pin It Share 0 2 Flares ×

Meu feliz retorno à capital americana e região dez anos depois da última visita

 

 

 

 

Levei exatos dez anos para voltar à cidade de Washington depois da minha última visita, durante a primavera de 2007. Aproveitei agora o pretexto de ir à cidade para participar por 4 dias da feira de turismo IPW e ampliei a temporada para um total de duas semanas inteirinhas descobrindo o melhor Washington e seus arredores. Se a última visita tinha sido breve, de poucos dias, esta útlima agora teve a medida certíssima e me revelou uma cidade muito mais interessante do que as minhas memórias de DC.

É verdade que eu já tinha ótimas lembranças de Washington – com um carinho mais que especial por seus incríveis museus, a maioria deles gratuita. Eles continuam todos lá, e repeti a visita a vários deles. Mas agora ganharam reforços, como outros excelentes museus que surgiram nos últimos tempos – destaque absoluto para os imperdíveis Museu de História Afro-Americana e Newseum.

Mas o que mais me surpreendeu foi ver o quanto a cidade mudou. Se o National Mall e seus monumentos continuam iguaizinhos às minhas lembranças, outras regiões de Washington se desenvolveram impressionante e positivamente. Apesar dos desmandos políticos da atualidade, encontrei uma Washington muito mais democrática e plural no dia-a-dia, com a sensação de que ali todo mundo pode mesmo encontrar seu espaço e sua tribo.

Comecei minha viagem por Georgetown, uma das áreas mais gostosas da cidade e  talvez o mais imperdível dos bairros de Washington. Mas também caí de amores por Logan Circle (tanto que estive 3 vezes por lá nestas duas semanas) e Adams Morgan, adorei Dupont Circle e Shaw e gostei muito de conhecer Capitol Riverfront, que tem tudo para viver um boom até o começo do ano que vem. Prometo escrever em detalhes sobre o que há de mais legal para fazer nos bairros mais cool de Washington, incluindo ótimos novos lugares para comer e beber, como a deliciosa Espita Mezcaleria e o ótimo wine bar Eno, do Four Seasons Wasshington DC – stay tunned.

Além de Washington em si, aproveitei as duas semanas para escapar a seus arredores, incluindo vinícolas da Virgínia, cervejarias e destilarias artesanais (há MUITAS por ali!) e cidadezinhas encantadoras como Alexandria, Fredericksburg, Occaquay e Richmond (meio que seguindo a “trilha da guerra civil americana”). Estas fofuras também aparecerão por aqui em detalhes em breve, prometo.

Durante a viagem, me hospedei no Marriott Washington at Wardman Park (que pessoalmente não recomendo por ficar demasiadamente afastado das principais atrações da cidade) e nos ótimos Four Seasons Washington DC, em Georgetown; Mandarin Oriental Washington DC, localizado a poucas quadras do National Mall; e St Regis Washington DC, a duas quadras da Casa Branca – todos vão ganhar reviews por aqui em breve. Também conheci e gostei muito mesmo do novíssimo hotel boutique The Darcy, que acaba de ser inaugurado entre Dupont Circle e Logan Circle (uma das melhores localizações possíveis na cidade).  Dá pra ver outras opções de hotéis em Washington, DC aqui.

Em tempo: o transporte público continua excelente (principalmente o ótimo metrô, embora muitos turistas tenham dificuldade em usa-lo) e o Uber também funciona muito bem na cidade inteira. Para fazer o trajeto aeroporto-hotel-aeroporto usei e recomendo muito o serviço de transfer privativo da Reston Limo – pontual, corretíssimo e com veículos excelentes (eles têm outras opções de transfer também).

Senta que ainda vai ter muito post de Washington e da “Capital Region” por aqui 🙂

 

p.s.:  Escrevi também sobre Washington no Sala Vip do Viagem Estadão.

 

 

 

Clique aqui para ler mais sobre Washington no blog.

 

Clique aqui para procurar hotéis em Washington.

 

2 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 2 Pin It Share 0 2 Flares ×

About the author

Mari Campos é jornalista formada e especializada em turismo e lifestyle de luxo, e colabora exclusiva e regularmente como freelancer há mais de treze anos com textos e fotos sobre o tema para portais, revistas e jornais no Brasil e em outros oito países. O conteúdo deste post foi elaborado e decidido pela autora tendo como único critério a relevância do assunto para os leitores do MariCampos.com. A menos que esteja escrito explicitamente "post patrocinado" em letras maiúsculas no início do texto do post, não há qualquer tipo de vínculo ou parceria comercial/editorial com as empresas, estabelecimentos e/ou serviços citados no texto nem qualquer tipo de remuneração pelo mesmo.